Pastorais e Organismos

Webinar Missiologia aborda o papel da mulher no contexto bíblico

O Conselho Missionário do Regional Sul 1 da CNBB (COMIRE), vem realizando desde janeiro de 2020, formações missionárias, intituladas: “Webinar Missiologia”, em parceria com a Faculdade  João Paulo II (FAJOPA).

No mês de julho, foram realizados dois webinars: A primeira contou com Frei Ildo Perondi, biblista e  religioso da Arquidiocese de Curitiba (PR), que falou sobre a liderança da mulher no Antigo Testamento.  No segundo momento que aconteceu no dia 26, a convidada foi a professora Patrícia Zaganin Camilo Rosa, que abordou o tema: Maria Madalena, um exemplo de liderança no movimento de Jesus. Destas duas formações destacaram a importância da reflexão sobre a liderança da mulher na Igreja e na sociedade.

A coordenadora estadual do COMIRE, Irmã Elisabeth Miguel Espinhara, falou sobre a importância dos momentos formativos: “através destas duas formações em contexto bíblico, foi possível constatar a beleza do plano de Deus que contou com a participação efetiva da mulher na história da salvação. Desta forma, os textos iluminam essa preocupação do Papa Francisco em dar maior visibilidade ao papel da mulher também nas instancias de decisão na Igreja católica”.

Durante as duas lives, participaram cerca de 100 pessoas de várias partes do Brasil. Após as webinars, os assessores conversaram com a equipe de comunicação do Regional e fizeram um resumo dos temas apresentados, que pode ser visto a seguir:

Liderança das Mulheres no Antigo Testamento

Frei Ildo Perondi

A princípio, parece quase impossível tratar do tema Liderança das Mulheres no Antigo Testamento. O Antigo Testamento nasce no chão de uma cultura e religião lideradas por homens, onde as mulheres tinham muito pouco espaço. O governo político, o templo, o sinédrio e as demais instituições judaicas eram espaços somente para os homens. A leitura da Torah era feita somente por homens e para os homens.

E é interessante notar como, neste terreno tão masculino, as mulheres entraram. Um tanto pelas frestas, pelas janelas que iam se abrindo quando as portas estavam fechadas. Os pais da fé são Abraão, Isaac e Jacó, porém junto a eles estão também as mães: Sara, Rebeca, Lia e Raquel; e ainda Agar, a mãe de Ismael, o pai do povo árabe. Lendo os textos de Gênesis 12-50 percebemos como elas agem e ajudam a história do povo de Deus acontecer.

Se não fosse a ação corajosa de Sefra e Fua, as duas parteiras do Egito (cf. Ex 1,15-21), muitos meninos teriam sido mortos, inclusive Moisés. As filhas do faraó se comoveram diante de uma criança jogada no rio. O menino foi criado pela mãe e a irmã de Moisés. A irmã de Moisés (Myriam) é liderança na caminhada pelo deserto e são as mulheres que cantam e festejam com seus tamborins a vitória sobre os soldados do faraó (cf. Ex 15,15-21).

Um dos melhores exemplos de liderança foi a juíza Débora, junto com Jael salva o povo diante dos inimigos (cf. Jz 4). O livro de Rute, tem um nome feminino pois a personagem principal do livro é uma mulher estrangeira que age com coragem e se torna bisavó do Rei Davi e está na genealogia de Jesus (cf. Mt 1,5). Outros livros têm nomes femininos como Ester e Judite, que também salvaram o povo em momentos difíceis.

O livro do Cântico dos Cânticos tem como tema o amor, o mais sentimento belo que temos, o Amor, e tem como protagonista principal uma mulher. É a Amada que age, toma as iniciativas, no livro ela fala mais que o Amado.

São alguns exemplos. Há tantos outros. Mesmo excluídas, elas estão lá e ajudaram a dar um rosto também feminino ao Antigo Testamento. No Novo Testamento Jesus inova e supera todas as discriminações contra as mulheres.

O exemplo destas mulheres e sua ação inspiram hoje a luta das mulheres. Diante de uma sociedade que ainda exclui e marginaliza as mulheres, elas ousam, lutam por seus direitos, se engajam nas organizações populares e buscam seu espaço.

Maria Madalena, um exemplo de liderança no movimento de Jesus

Profª Ms. Patrícia Zaganin Camilo Rosa

Quando penso no valor da webinar como veículo de formação cristã me lembro de Jesus dentro do seu barquinho no mar da Galileia ensinando as multidões. Jesus em seu tempo também usava uma estratégia para ensinar. Ele transmitia a sua mensagem enquanto navegava no mar da Galileia de modo que a Boa Notícia do Reino de Deus ecoava e chegava até as pessoas que estavam longe. Hoje a webinar é o importante recurso que faz ecoar o ensinamento de Jesus onde quer que se encontre uma pessoa disposta a ouvir a sua mensagem. A webinar Missiologia é com certeza um importante meio de Evangelização que forma os fiéis para a missão.

Maria Madalena é um ícone do discipulado feminino dentro do movimento de Jesus. Ela é tanto uma discípula (alguém que segue) quanto uma apóstola (alguém que é enviado). Esta grande mulher foi a primeira testemunha da ressurreição e recebeu do Ressuscitado a missão de anunciar aos Apóstolos. Por isso, desde Hipólito de Roma (séc. II) a Igreja a reconhece e a celebra na liturgia como Apóstola dos Apóstolos. Como diz o seu próprio nome hebraico Miryam Magdala, ela é “amada de Deus” e “torre forte”, aquela que se tornou guardiã e propagadora da fé no Senhor. Seu protagonismo e modelo de liderança na igreja primitiva permanece atual e contribui para fortalecer e animar o serviço (diaconia) de todas as mulheres comprometidas com o Evangelho. Esperamos que as mulheres de hoje que atuam na Igreja tenham o mesmo reconhecimento que Maria Madalena recebeu de Jesus.

Se você perdeu os dois webinars pode assistir agora, através do link abaixo:

 

Palavra do Presidente

NOVO ESTATUTO DA CNBB

Facebook

Assine nossa newsletter

Conheça nossos parceiros.