Notícias

Texto-base da Campanha da Fraternidade 2016 será apresentado na Alesp

cartaz_cfe_2015_capa_site

A Campanha pretende chamar atenção para a questão do saneamento básico no Brasil. Pela quarta vez, a Campanha da Fraternidade é realizada de forma ecumênica.

“Assegurar o direito ao saneamento básico para todas as pessoas e empenharmo-nos, à luz da fé, por políticas públicas e atitudes responsáveis que garantam a integridade e o futuro de nossa Casa Comum”. Este é o objetivo geral da Campanha da Fraternidade Ecumênica 2016, preocupação exposta pelo papa Francisco na sua encíclica Laudato Si.

Movido por este apelo, o Regional Sul 1 da CNBB do Estado de São Paulo volta para a Assembleia Legislativa, no desejo de contar com os respectivos deputados Estaduais e convida os representantes das arquidioceses e dioceses de todo o Estado de São Paulo a participarem da Sessão de Apresentação na qual irá apresentar o Texto-Base da CFE-2016, que tem como lema bíblico em Amós 5,24 que diz: “Quero ver o direito brotar como fonte e correr a justiça qual riacho que não seca” e tema “Casa comum, nossa responsabilidade”

O lançamento ocorrerá no dia 16 de fevereiro de 2016, terça-feira, a partir das 19h30 horas, no Auditório Teotônio Vilela na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp), localizada na Avenida Pedro de Cabral, 201 – Ibirapuera.

Objetivos específicos – Unir igrejas, diferentes expressões religiosas e pessoas de boa vontade na promoção da justiça e do direito ao saneamento básico; Estimular o conhecimento da realidade local em relação aos serviços de saneamento básico; Incentivar o consumo responsável dos dons da natureza, principalmente da água; Apoiar e incentivar os municípios para que elaborem e executem o seu Plano de Saneamento Básico; Acompanhar a elaboração e a excussão dos Planos Municipais de Saneamento Básico; Desenvolver a consciência de que políticas públicas na área de saneamento básico apenas tornar-se-ão realidade pelo trabalho e esforço em conjunto; Denunciar a privatização dos serviços de saneamento básico, pois eles devem ser política pública como obrigação do Estado; Desenvolver a compreensão da relação entre ecumenismo, fidelidade à proposta cristã e envolvimento com as necessidades humanas básicas.

Pela quarta vez a Campanha da Fraternidade é realizada de forma ecumênica. As outras três tiveram os seguintes temas: Ano 2000 – Dignidade Humana e paz – Novo Milênio sem exclusões; Ano 2005 – Solidariedade e Paz – Felizes os que promovem a Paz; Ano 2010 – Economia e Vida – Vocês não podem servir a Deus e ao dinheiro.

Uma das grandes novidades desta quarta edição da campanha ecumênica, é a participação da Misereor, entidade episcopal da Igreja Católica da Alemanha que trabalha na cooperação para o desenvolvimento na Ásia, África e América Latina.

Assista aqui o vídeo de lançamento da CFE!

Tags

Palavra do Presidente

NOVO ESTATUTO DA CNBB

Facebook

Assine nossa newsletter

Conheça nossos parceiros.