Sub-Regiões

Sub-Região Aparecida realiza XI Assembleia

assembleia_sub_aparecida“Uma Igreja em Saída” – com este tema, lideranças das dioceses de São José dos Campos, Taubaté, Lorena, Caraguatatuba e Arquidiocese de Aparecida estiveram reunidas no Seminário Santa Teresinha, em São José dos Campos para a sua XI Assembleia de Pastoral. O evento aconteceu no dia 19 de setembro, das 8h às 15h, começando com a Santa Missa. Na programação, aconteceram palestras, trabalhos em grupos e apresentação da síntese de prioridades para a ação evangelizadora.

Em suas palavras de abertura, o presidente da Sub Região Aparecida, dom João Inácio Müller, bispo de Lorena, disse que “no centro da assembleia está a Palavra do Senhor, a presença do nosso Deus.” E dirigindo-se aos participantes afirmou: “Aqui tem muita mãe, muito pai de família, que vive a fé no dia-a-dia de maneira muito especial lá em sua casa. E dentre vocês há muitas pessoas que trabalham no magistério. Então, são os locais, os lugares, os aerópagos diários, onde nós vivenciamos o dom que nós recebemos que é o dom do batismo, o dom do Senhor para nossa fé.”

Padre Djalma Lopes Siqueira, vigário geral da diocese e mestre em Missiologia pelo Instituto Teológico da América Latina discorreu sobre o tema central a fim de dar suporte para os trabalhos em grupos. Padre Djalma citou as Diretrizes da Ação Evangelizadora no Brasil, atualizada pelos bispos do Brasil na última Assembleia e elencou critérios para uma Igreja em missão, uma Igreja em saída. A conversão pastoral de leigos e leigos, o estado de missão permanente foram alguns pontos aprofundados por ele. “Sair de uma pastoral de conservação para uma pastoral missionária”, necessidades apresentados na Evangelii Gaudium pelo Papa Francisco. Também o Documento de Aparecida foi utilizado para aprofundar o aprendizado sobre a missionariedade da Igreja. Em seguida, apresentou o livreto com o Projeto Missionário para estudo e aprofundamento.

Os cinco bispos da província estavam presentes. Dom Raymundo Damasceno Assis, cardeal arcebispo de Aparecida, dom José Carlos Chacorowski, de Caraguatatuba  e pela primeira vez, os novos bispos diocesanos, dom João Inácio Müller, de Lorena, dom Wilson Angotti, de Taubaté  e dom Cesar Teixeira,  de São José dos Campos.

“Como é bom, num âmbito maior, que nossas paróquias e dioceses possam olhar um horizonte mais largo e enxergar mais além. Parecem ser tão complicadas as nossas realidades, mas sempre vejo o quanto é bom partilhar esperanças e sonhos, ” avaliou dom José Carlos.

Texto e fotos de Ana Lúcia Zombardi

 

Tags

Palavra do Presidente

NOVO ESTATUTO DA CNBB

Facebook

Assine nossa newsletter

Conheça nossos parceiros.