A Comissão para a Animação Bíblico-Catequética da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) promove diversas atividades com catequistas, padres e seminaristas ao longo de 2024. Segundo o arcebispo de Santa Maria (RS) e presidente da Comissão, dom Leomar Antônio Brustolin, todas as iniciativas buscam integrar diversas realidades a fim de sempre evangelizar.

Entre os eventos ele destaca a realização da Romaria Nacional de Catequistas, que acontece de 30 de agosto a 1º de setembro, em Aparecida (SP), na qual são esperados catequistas de todo o Brasil.

“Esperamos nos encontrarmos todos juntos de Nossa Senhora para encontrar caminhos para evangelizar o Brasil, pois a transmissão da fé às novas gerações não é mais um pressuposto, como evangelizar jovens e adultos no atual contexto”, comenta.

Clique (aqui) e faça a inscrição na Romaria.

 

Dom Leomar também argumenta que a Comissão sentiu a necessidade de reunir os presbíteros de todo o Brasil, com representações das várias dioceses, para refletir sobre a Iniciação à Vida Cristã. Por isso, em julho, de 15 a 17, a Comissão realiza um Seminário especialmente dedicado aos seminaristas que estão concluindo o curso de teologia.

A proposta, segundo dom Leomar, é que constem formações sobre como realizar a catequese e como dinamizar a evangelização”, revela.

“Todos são projetos que tentam integrar cada vez mais a fé, a vida, a celebração e a misericórdia, integrando todas as dimensões para melhor evangelizarmos”, salienta dom Leomar.

Acesse (aqui) e faça a inscrição no Seminário de Iniciação à Vida Cristã para Seminaristas.

Já em outubro, a Comissão realiza o Seminário de Iniciação à Vida Cristã para Presbíteros, na Casa Dom Luciano, em Brasília (DF), de 1 a 3. O objetivo é dar continuidade à reflexão sobre a participação do presbítero no processo de Iniciação à Vida Cristã.

Fé, vida, oração e ação

Ainda, segundo dom Leomar, é preciso que se busque integrar a fé, a vida, a oração, a ação, a fé professada e o testemunho de vida. Por isso, a Comissão promove materiais e incentiva a formação de pessoas sempre incentivando uma postura. “Queremos ver quais são os caminhos que nós podemos aqui, no Brasil, evangelizar sempre mais. Sabemos que é um país continental que tem uma herança cristã fantástica, mas que nesse momento precisa avançar na evangelização”, finaliza.