Notícias

Subsídio da Pastoral Operária e a realidade dos trabalhadores no 1º de maio

Cartaz 1º de maio

Subsidio  pretende ajudar na preparação desta data, ou na semana do trabalhador

Com o intuito de fazer memória do 1º de maio, na atual conjuntura que se encontra o mundo do trabalho no Brasil,  a Pastoral Operária da Conferência dos Bispos do Brasil (CNBB), preparou um subsídio para as comunidades com o objetivo de que os trabalhadores se preparem para esta data.

O documento pode ser utilizado nos Encontros de Reflexão para o Tríduo em preparação do 1º de maio, ou na semana da trabalhadora e do trabalhador, a ser realizada nas bases, nas comunidades, paróquias, grupos de reflexão, locais de trabalho, grupos de jovens, entre outros que se reúnem para refletir a vida e a missão.

Em apresentação, a Pastoral Operária afirma “propomos o tema Trabalho digno é nosso direito, lutar por ele é nosso dever! O dilema do trabalho constantemente tem sido um desafio para nós. Os últimos anos essa questão se tornado mais urgente. O avanço tecnológico possibilitou também um avançar do capital sobre o trabalho, de outras formas. Com isso, gera desemprego, precariza condições de trabalho, e o enfraquecimento dos direitos trabalhistas.    Mas, o que mais temos enfrentado ultimamente é o desemprego conjuntural. Ou seja, as questões políticas que interferem nas questões do mundo trabalho. Isso acontece numa comunhão de forças entre empresários e políticos”.

“Diante disso vivemos tempos de retrocessos de direitos não somente na área trabalhista. Ao refletir sobre o trabalho digno, nos conduz a pensar na dignidade da pessoa humana? Quem é o sujeito humano desempregado? Quem sofre acidentes de trabalho? Quem perde direitos trabalhistas? Por que as trabalhadoras e os trabalhadores sempre pagam a conta do governo? Por isso, destacamos: Por que é importante organizar? A história nos mostra que somente o povo organizado provocaram mudanças positivas para a humanidade. A história de libertação dos povos se deu a partir da organização, da luta, da resistência, da oração, da partilha”.  lê-se no mesmo subsidio.

Faça o download.

 

Palavra do Presidente

NOVO ESTATUTO DA CNBB

Facebook

Assine nossa newsletter

Conheça nossos parceiros.