Destaques Do Regional

Pastoral Carcerária se reúne com Dom João Inácio Muller

Aconteceu na manhã do último sábado, dia primeiro de fevereiro, no Auditório do Centro Pastoral Pio XII – Cúria Arquidiocesana de Campinas -, a Reunião da Pastoral Carcerária (PCr) do Regional Sul 1 da CNBB, convocada pelo arcebispo de Campinas, Dom João Inácio Müller, novo bispo referencial da PCr.

Estiveram presentes o Padre Walter Merlugo Júnior, secretário executivo do Regional Sul 1 da CNBB e assessor da Comissão 8, Eliana Rocha, coordenadora da Pastoral Carcerária do Estado de São Paulo, José Carlos Gimenes, da coordenação das Pastorais Sociais no Estado, os coordenadores das respectivas regiões Pastorais da Pastoral, São Paulo: Pe. Marcos Alves da Silva; Sorocaba: Adilson Vicente Nogueira; Aparecida: José Benedito dos Santos; Campinas: Diácono Carlos Alberto Barbosa Santos; Botucatu: Maura Saldeira Souza Machado; Ribeirão Preto I: Marcos Antônio dos Santos e Ribeirão Preto II: Douglas Ribeiro.

Para Padre Walter Merlugo Júnior, também assessor interino estadual da PCr, o encontro com Dom Inácio foi um momento importante para dar as boas-vindas ao novo bispo referencial, conhecer os agentes e atuação da PCr e preparar a assembleia estadual, em maio próximo, concluiu padre.

Segundo Dom João Inácio Müller, o encontro com os coordenadores foi um momento oportuno para fortalecer a caminhada e atuação da PCr no Estado. “A conversa com os coordenadores foi muito importante, pois buscamos caminhar juntos. Durante a reunião conversamos sobre o resgate da história da Pastoral Carcerária Estadual, contribuindo para a preservação da história da própria Pastoral e de tantas pessoas que se dedicaram junto às pessoas presas e suas famílias. A coordenação decidiu que além da Assembleia em maio próximo, também realizaremos reuniões itinerantes nas sub-regiões e dioceses, com o intuito de ter um bom espaço de partilha e está perto de cada realidade. Decidimos também que cada Assembleia e reuniões teremos pequenos estudos, com momento de espiritualidade e oração. Enfim, os líderes da PCr me acolheram muito bem e estão dispostos a caminharem juntos e assim seguimos em frente neste trabalho tão bonito, mas ao mesmo tempo tão difícil e desafiador destes líderes, que se dedicam e trabalham junto às pessoas presas e suas famílias”, concluiu o arcebispo.

“Nós coordenadores da PCr do estado de São Paulo, assim como certamente todos os agentes nas bases da PCr, acolhemos com muita alegria e esperança Dom João Inácio Muller como nosso bispo referencial. Iniciamos nesta reunião um caminho com objetivo de estarmos cada vez mais próximos das nossa equipes que são as bases, isso irá nos fortalecer, formar e preparar para enfrentar os desafios que encontramos diariamente nesta pastoral tão linda e desafiadora que muitos irmãos em nossas equipes vivemos juntos aos nossos irmãos encarcerados e seus familiares”, disse Eliana Rocha.

Palavra do Presidente

Facebook

Assine nossa newsletter

Conheça nossos parceiros.