Nota Pastorais e Organismos

Pastorais Sociais e Organismos do Regional assinam nota conjunta da CJP e repudiam às declarações do deputado Frederico DÁvila

As Pastorais Sociais e Organismos vinculados ao Regional Sul 1 da CNBB, assinaram nota conjunta de repúdio da Comissão Justiça e Paz (CJP) de São Paulo às declarações feitas pelo deputado estadual de São Paulo Frederico D’Ávila (PSL), no último dia 14 de outubro, na Tribuna da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (ALESP).

A nota divulgada no último dia 17 de outubro, diz que “se as instituições não coibirem discursos de ódio como esse, veiculados amplamente pela televisão e redes sociais, em pouco tempo teremos a barbárie instalada a exemplo das mortes de nossos Padres João Bosco Penido Burnier e Josimo Morais Tavares e da Irmã Dorothy Stang, ou de Bispos, ou até mesmo de quantos mais cidadãos”, diz a nota.

Do Regional Sul 1, assinam o documento, Comissão Justiça e Paz, Comissão Pastoral da Terra (CPT), Pastoral da Saúde, Pastoral da Mulher Marginalizada, Pastoral da Criança, Conselho Nacional do Laicato do (CNLB), Pastoral do Menor, Pastoral Indigenista do Regional, Pastoral da Pessoa Idosa, Pastoral da Ecologia, Pastoral da Sobriedade e Pastoral Fé e Política. Também assinaram a nota outros movimentos sociais, coletivos e entidades ligadas ao direito humanos.

“As entidades que subscrevem este documento, todas formadas por cristãos, seguem firmemente essa orientação e jamais abrirão mão de sua obrigação de defender a ética e a justiça social, expostas de forma inequívoca pelo Evangelho de Jesus Cristo”, afirma a nota.

Confira a íntegra do documento aqui

 

Palavra do Presidente

NOVO ESTATUTO DA CNBB

Facebook

Assine nossa newsletter

Conheça nossos parceiros.