Igreja no Brasil

Padre Virgílio Leite Uchôa, assessor da CNBB por 32 anos, falece em Brasília (DF)

Faleceu, aos 84 anos, o padre Virgílio Leite Uchôa, até então pároco da paróquia Nossa Senhora Mãe dos Migrantes, no Lago Oeste em Brasília-DF. Padre Virgílio veio para Brasília e serviu como assessor, com enfoque na área econômica, à Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) quando esta foi transferida para a capital federal. Padre Virgílio foi assessor da CNBB de 1968 a 2000.

Como assessor contribuiu na Equipe de Análise de Conjuntura da CNBB, no empenho pela participação popular na Constituinte de 1986 e no apoio ao financiamento das Pastorais Sociais e Organismos, entre tantos destaques de sua trajetória. Mesmo depois de percursos de adoecimento, assumiu com a Paróquia Nossa Senhora Mãe dos Migrantes, do Lago Oeste, em Sobradinho-DF, onde fixou sua residência.

Também foi um dos um dos fundadores da Comissão Brasileira de Justiça e Paz da CNBB, assim como da Comissão Justiça e Paz da Arquidiocese de Brasília. Atuou, por muitos anos, como secretário-executivo do Movimento de Educação de Base (MEB).

No vídeo que comemorou os 69 da CNBB, divulgado dia 14 de outubro deste ano, o padre Virgílio reforçou o que, em sua avaliação, continua a ser o papel da entidade: “continuar sempre ser uma Igreja a serviço dos pobres do Brasil. Tem que ser desprendida e ter a consciência de que ela existe para servir mais do que ser servida”, disse.

A missa de corpo presente será amanhã, dia 11 de novembro, às 14h, na paróquia Nossa Senhora Mãe dos Migrantes, no Lago Oeste, em Brasília.

Fonte: Site da CNBB

 

Palavra do Presidente

NOVO ESTATUTO DA CNBB

Facebook

Assine nossa newsletter

Conheça nossos parceiros.