Notícias

Organismos e Pastorais retomam a Pastoral de Conjunto para pensar ações para o próximo ano

DSC02207

Agentes de pastorais e organismos vinculados à Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) – Regional Sul 1 (São Paulo), se reuniram na sede do episcopado no dia 14 de dezembro, para a ultima Reunião em 2017.  A abertura da reunião contou com missa presidida pelo secretário, padre João Carlos Deschamps, e concelebrada pelos padres Marcelo Machado e Vinicius Clementino.

Segundo o secretário adjunto, padre João Carlos Deschamps, a reunião foi um momento de agradecer todos os serviços prestados no ano de 2017 e, principalmente reconhecer o empenho e dedicação dos agentes que fazem parte do Regional Sul 1.

O encontro foi palco de discussões de diversos temas, principalmente relacionados a retomada da Pastoral de Conjunto. Houve momento de troca de experiências e de compartilhar desafios e dificuldades que foram exitosos nas diferentes pastorais e Organismos.

A reunião também serviu para apresentar Procedimentos para Solicitação, Prestação de contas e Orçamento das Verbas Anuais dos  Organismos, Pastorais e Movimentos vinculados a CNBB Regional Sul 1. Os procedimentos foram apresentados pelo diácono Domingues.

Padre Marcelo Machado, da Comissão Bíblico-catequética, vê a reunião muito produtiva. Apesar do curto espaço de tempo, foi muito importante ter uma panorâmica de todas as pastorais e movimentos. E justamente a maior preocupação que percebemos durante a reunião na Dimensão pastoral é reassumir no regional o espírito de pastoral de conjunto tão desejado pelo Vaticano II e que até a década de 80 conseguíamos viver naturalmente no Brasil. E hoje está ameaçada pela cultura do ódio, da indiferença e do consumismo que afasta as pessoas do compromisso comunitário, disse.

O padre destacou também que ficou feliz de conhecer tantas pessoas “que como nós catequistas se preocupam com o futuro do cristianismo e sobretudo leigos com esperança para não desanimarmos nesta missão confiada a nós coordenadores. Para que não se torne um peso, mas um sacrifício que oferecemos pelo bem da Igreja e do Evangelho!”, complementou.

Já a agente da Pastoral da Juventude, Jaqueline Santana Alves informou que a Pastoral da Juventude do Regional sul 1 fez um processo de reza, discussão e ações inspirados na proposta libertadora de Jesus sendo Igreja em saída e pautando a vida das juventudes.

“Recentemente realizamos a Assembleia Regional no qual escolhemos nossa prioridade juntamente com as/os jovens lideranças que irá “nortear” nossa ação pastoral no próximo triênio sendo ela a Defesa da Vida das Mulheres, enfrentamento aos ciclos de violência. Essa prioridade pretende ser uma ação concreta da PJ para gerar vida em abundância para os jovens, principalmente para as jovens mulheres que são vítimas da violência doméstica e do feminicídio”.

Além disso, outras atividades foram realizadas no Regional sul 1 durante o ano de 2017. Tivemos a 23° edição da Romaria Estadual da Juventude, a 23º edição do grito dos/as excluídos/as teve como lema: “Por direitos e democracia a luta é todo dia!”, e repercutiu em Aparecida-SP e mais 23 Estados e no DF, o Ano do Laicato, cuja abertura acontece em todo o Brasil, Ações missionária na Amazônia e na diocese de Pemba, (Moçambique, África), entre outras.

Segundo Jaqueline, “todas essas atividade contribuíram efetivamente com a vida da PJ nas 8 sub-regiões que estamos presentes, nas 37 dioceses articuladas. Pretendemos estreitar ainda mais os laços com as pastorais parceiras e congregações religiosas, no qual já vêm desempenhando um grande apoio a PJ do Sul 1”, disse.

Padre Antônio Carlos Frizzo, assessor da Campanha da Fraternidade, avaliou bem a reunião. “Foi um bom espaço para organizar uma ação mais conjunta no estado de São Paulo”, afirmou.

Quanto à conclusão dos trabalhos, chegou-se ao consenso que deveria ser feita duas reuniões anuais, aprovando-se de direcionar as comunicações por escrito para que uma pastoral ou movimento não se exceda no plenário.

A reunião foi encerrada, ficando estabelecido que o próximo encontro será no dia 01 de março, na sede da sede do episcopado paulista.

Tags

Palavra do Presidente

NOVO ESTATUTO DA CNBB

Facebook

Assine nossa newsletter

Conheça nossos parceiros.