Notícias

O valor adjunto de uma missionária leiga na Amazônia

reuters1851571_articoloSão Gabriel da Cachoeira (RV) – No âmbito do projeto missionário dos Regionais Sul 1 e Norte 1 da CNBB, o Padre Luiz Aparecido Iauch, da Arquidiocese de Botucatu (SP), está em missão em São Gabriel da Cachoeira (AM) onde ficará por três anos.

à ‘diocese mais indígena do país’ possui 23 etnias diferentes e 18 línguas são faladas pelos povos locais. A 850 km de Manaus, faz fronteira com a Colômbia e a Venezuela. Gaúcho de Jaguari, Dom Edson Damian é o bispo há 7 anos.

Para ele, a parceria com a Igreja-irmã de São Paulo presenteou sua diocese com uma colaboração especial: Maria, com seu valor adjunto.

“A presença da missionária leiga Maria nos fez ver o quanto uma leiga, e ela, doutora em serviço social, pode ajudar em várias dimensões: na formação dos agentes de pastoral, ela coordenou com muita habilidade as nossas assembleias diocesanas, e nos ajuda a refletir e avançar. Além disso, ela fez um esforço extraordinário para acompanhar as semanas de catequese indígena inculturada!”.

“Ela com a sua habilidosa didática e pedagogia – foi professora 30 anos – conduzia de uma forma maravilhosa estes encontros dos indígenas. Mesmo não sabendo a língua deles, ela sabia se expressar em simplicidade no português que eles conseguiam e obtivemos resultados muito bons. Crescemos muito neste esforço para inculturar o Evangelho”.

Ouça toda a entrevista clicando acima.

(cm)

Com informações Rádio Vaticano.

Tags

Palavra do Presidente

NOVO ESTATUTO DA CNBB

Facebook

Assine nossa newsletter

Conheça nossos parceiros.