Notícias

“O Bom Samaritano: paradigma da misericórdia”

O Bom Samaritano paradigma da misericórdia

 

Tema da conferência proferida por Dom Pedro Cipollini, bispo de Santo André, SP, na Semana Teológica da Faculdade de Teologia Nossa Senhora da Assunção, da PUC-SP e publicada em livro.

Neste livro “O Bom Samaritano: paradigma da misericórdia”, volume 11 da coleção Misericórdia (Ed. CNBB, 44 páginas, R$ 8), Dom Pedro Cipollini discorre sobre “o bom samaritano como paradigma da misericórdia”.

A obra ressalta o pensamento do Papa Francisco e sua teologia da misericórdia, afirmando, inclusive, que o modo como a Igreja latino-americana recepcionou o Concílio Vaticano II chegou ao Papado. Faz emergir uma eclesiologia pautada no amor, que se traduz em misericórdia, já que o princípio mais estruturante da vida e da mensagem de Jesus é a misericórdia.

O autor enfatiza que a Igreja, que se preocupou tanto com o pecado e a culpa, agora é chamada a preocupar-se, a exemplo de Jesus, com o sofrimento e a miséria das pessoas tanto física quanto moralmente.

“A fala de Dom Cipollini teve recepção calorosa, o que lembrou nosso tempos de estudantes nesta Faculdade, tempos que queremos resgatar diante da apatia geral que marca o momento atual, denominado por Baüman, como ‘tempos líquidos’, em que o consumismo pretende ser a única tônica que ofereça vibração”, pode ler-se na apresentação da obra, escrita pelo diretor da Faculdade de Teologia – PUC-SP, padre doutor Valeriano dos  Santos Costa.

Na capa do livro pode ver-se uma reprodução da parábola do “Bom Samaritano”, de Vicente van Gogh, que eterniza a beleza do ensinamento do amor ao próximo. O livro pode ser encontrado no site da Edições (www.edicoescnbb.com.br)

Palavra do Presidente

NOVO ESTATUTO DA CNBB

Facebook

Assine nossa newsletter

Conheça nossos parceiros.