Arquidioceses e Dioceses

“Na variedade dos carismas, o Espírito de Deus congrega a única Igreja”, destaca Bispo de Marília na abertura da fase diocesana sinodal

Em celebração que reuniu representantes das 65 paróquias, Diocese de Marília inicia conscientização do Sínodo que tem como tema “Por uma Igreja Sinodal: comunhão, participação e missão”

Na noite da última sexta-feira, dia 23, padres, diáconos, seminaristas, religiosos, religiosas e representantes leigos e leigas das 65 paróquias da Diocese de Marília se reuniram em Lucélia (SP), na Igreja Matriz de Sagrada Família, para a abertura da fase diocesana do Sínodo 2021-2023, convocado pelo Papa Francisco.

À luz do Espírito Santo, invocado por meio de um canto no início da Missa presidida pelo bispo diocesano de Marília, Dom Luiz Antonio Cipolini, a celebração foi marcada pelo encontro do povo de Deus e pela entrega de uma vela que acompanhará as reflexões nas comunidades paroquiais que terá como tema “Por uma Igreja Sinodal: comunhão, participação e missão”.

Em sua homilia, o bispo diocesano explicou que o processo do Sínodo exigirá de todos o envolvimento. “Na variedade dos carismas, o Espírito de Deus congrega a única Igreja”, disse o bispo diocesano ao afirmar que, com a Palavra de Deus e o espírito de unidade eclesial, a Diocese de Marília inicia o caminho sinodal com o comprometimento de escutar as pessoas com paciência e atenção.

“É uma alegria para todos nós caminhar nesta Igreja que quer ser fiel ao Evangelho. Caminhemos juntos, de mãos dadas com o Papa Francisco”, motivou Dom Luiz.

A fim de promover a consciência sinodal da Igreja e lembrar a todos da vocação de fermento na humanidade para a construção do Reino de Deus, os presentes tiveram a oportunidade de renovar as promessas batismais.

“Nossa Diocese tem a graça de contar com tantos homens e mulheres que abraçam a fé e cumprem a missão de evangelizar”, destacou o coordenador diocesano de pastoral, Pe. Marcos Roberto Cesário da Silva. O sacerdote ainda explicou que o Sínodo quer escutar o Espírito Santo e o fiéis para “que a Igreja, num caminho único, consiga revisar a caminhada e ir ao encontro de todos”, finalizou.

Confira a notícia na íntegra.

Com informações da Diocese de Marília

Fotos: Roberta Bernardinelli I Pascom Paróquia Sagrada Família de Lucélia

 

Palavra do Presidente

NOVO ESTATUTO DA CNBB

Facebook

Assine nossa newsletter

Conheça nossos parceiros.