Sub-Regiões

Na Diocese de Marília, mais de 150 assessores e agentes de pastoral reunidos em encontro

31encontrodiocesanodeassessoreseagentesdepastoral050_reduzidaNeste domingo, dia 16 de fevereiro de 2014, foi realizado o 31º Encontro de Assessores e Agentes de Pastoral da Diocese de Marília (SP), no Centro de Convivência Monsenhor Afonso Hafner, em Tupã.

O evento contou com a participação de representantes paroquianos das diversas cidades da Diocese de Marília, bem como representantes de movimentos, além de padres, consagrados(as), religiosos(as) e alguns seminaristas. Estiveram presentes 157 pessoas, vindos de 49 paróquias das três regiões pastorais. O encontro iniciou-se às 8h30 com a Missa, presidida pelo Cônego João Carlos Batista, Vigário Geral da Diocese de Marília e, concelebrada pelos padres Carlos Roberto dos Santos, Pe. Valdemar Cardoso, Pe. Anderson Messina, Pe. Ademilson Luiz Ferreira, Pe. Valdo Bartolomeu, Pe. Marcos Ortega, Pe. Luiz Eduardo Cardoso de Sá e Pe. José Ribeiro da Silva.

Após a missa foi servido o café da manhã, carinhosamente preparado pelos leigos da paróquia São Pedro de Tupã, e em seguida o coordenador diocesano de Pastoral, Pe. Carlos Roberto dos Santos, encaminhou as pauta do encontro.

Às 10h00 o Pe. Ademilson Luiz Ferreira apresentou a importância que a execução do primeiro Plano Diocesano de Pastoral (PDP) terá para a unidade pastoral da Igreja de Marília. Ele também mostrou a preocupação de nosso bispo, Dom Luiz Antonio, que deseja que seja o PDP conhecido por todas as famílias cristãs da diocese.

Pe. Ademilson salientou que os Cinco Programas de ação pastoral, inspirados as Cinco Urgências, trazem uma nova luz aos trabalhos de evangelização. Estimulou todos os agentes de pastoral das paróquias, movimentos e associações, sem exceção, a fazerem uma leitura atenta deste Plano Diocesano, e discutir em suas comunidades, pastorais, grupos e movimentos a “aplicabilidade” do Plano. Em sua apresentação, deu uma orientação, de maneira clara e objetiva, sobre como poderá ser feito os encaminhamentos práticos do primeiro PDP. Na execução dos Cinco Projetos Pastorais, cada um com os diversos programas que contém, há três instâncias de responsabilidades para fomentar esta ação de “por em prática” os muitos programas de pastoral contidos nos cinco Projetos. Uma parte será encaminhada pela Diocese; outra parte deverá ser encaminhada pelas regiões pastorais, mas a maioria dos programas deverá ser encaminha nas paróquias e movimentos, de acordo com a sua realidade específica. Sabemos que já existem diversas iniciativas neste sentido.

Depois os participantes foram divididos em 10 grupos para responderem questões relacionadas à realidade das paróquias na diocese. Logo após o Pe. Valdemar Cardoso coordenou o trabalho de síntese dos grupos e apresentou-a logo depois do almoço para todos os presentes.

Após a apresentação da síntese, Pe. Anderson Messina assessor diocesano de liturgia e Dalva Giacomini, membros da Equipe de Iniciação Cristã, apresentaram o que está sendo posto em prática do Plano de Pastoral no Programa 2: Igreja Casa da Iniciação à vida Cristã. Apresentaram os passos dados no sentido de a Pastoral catequética para Primeira Eucaristia e Crisma se tornar querigmática, catecumenal, e orante.  A equipe sugeriu e a  diocese acolheu e optou pelo uso dos subsídios catequéticos Mesa do Pão, iniciação à Eucaristia I e II (para 1ª Eucaristia), “Perseverar na féeConfirmados na fé (para a Crisma) produzidos pelo Pe. Leomar Brustolin. Tais materiais didáticos utilizam o método orante e catecumenal e foram escolhidos, após cuidadoso estudo, pela Equipe de iniciação à Vida Cristã, e indicados para serem trabalhados na catequese em todas as paróquias da diocese.

Na sequencia, o Pe. Anderson Messina apresentou os diversos símbolos e celebrações que deverão marcar o caminho “catecumenal” do catequizando. E orientou como podem ser feitas as celebrações litúrgicas e a recepção destes símbolos. Deu testemunho do quanto está sendo positivo esta experiência “catecumenal” orante nas paróquias que estão fazendo, inclusive a sua, a Paróquia Santa Antonieta de Marília.

Após uma pequena sessão de avisos, o coordenador diocesano, Pe. Carlos encaminhou  distribuição do novo Guia Pastoral Diocesano 2014 às paróquias e assessores de pastoral que estavam presentes.

Em seguida o assessor para a liturgia diocesana nos conduziu na oração final, que terminou com a Oração pela Diocese de Marília, escrita por Dom Luiz Antonio.

Às 15h15 encerrou-se o 31º Encontro Diocesano de Assessores e Agentes de Pastoral, com a benção e envio do Vigário Geral, Cônego João Carlos Batista.

Da Diocese de Marília, Fabiano Alves da Pastoral da Comunicação. Créditos: Fabiano Alvares.

 

 

 

Palavra do Presidente

NOVO ESTATUTO DA CNBB

Facebook

Assine nossa newsletter

Conheça nossos parceiros.