Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

No próximo sábado, 25 de novembro, no Altar Central da Basílica de Aparecida, às 18h, ocorre a missa de encerramento do Ano Vocacional da Igreja no Brasil. A celebração eucarística será presidida pelo bispo auxiliar de São Paulo e presidente da Comissão para os Ministérios Ordenados e Vida Consagrada da CNBB, dom Ângelo Ademir Mezzari. A missa será transmitida, ao vivo, pela TV Aparecida, Canção Nova, TV Imaculada e Youtube da CNBB.

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), por meio da Comissão para os Ministérios Ordenados e a Vida Consagrada da CNBB, instituiu que a Igreja Católica no país vivesse um ano voltado para a reflexão, oração e promoção das vocações no país. Esse foi o terceiro Ano Vocacional, que teve início no dia 20 de novembro de 2022 e se encerra juntamente com o fim do Ano Litúrgico, na Solenidade de Jesus Cristo Rei do Universo.

Segundo dom Ângelo Ademir Mezzari, bons frutos foram colhidos durante esse período vivido pela Igreja:

“Nossa avaliação é muito positiva, pois percebemos que tocou o coração da Igreja e a vida dos fiéis. Os reflexos, consequências e frutos do terceiro Ano Vocacional prosseguem ao longo dos próximos meses e anos”, avalia dom Ângelo.

O ano de 2024, a pedido do Papa Francisco, será um ano de oração e preparação para o grande jubileu de 2025. O Santo Padre pediu para que se tenha como centro a oração, tanto pessoal quanto comunitária.

“Por isso, em preparação para o Jubileu dos primeiros 25 anos do século XXI, esse Ano Santo, o Papa pede para que rezemos. E nós, como animadores vocacionais, entendemos que será um ano propício para se rezar pelas vocações em geral”, completa dom Ângelo.

Para o próximo período, a Comissão dos Ministérios Ordenados e Vida Consagrada da CNBB escolheu o tema “Igreja: Uma Sinfonia Vocacional”, que foi aprovado pelo Conselho Episcopal Pastoral, o Consep. O tema foi inspirado na mensagem do Papa Francisco para o Dia Mundial de Oração pelas Vocações.

No mês passado, em uma reunião ampliada da Comissão, ocasião em que foi definido o tema para o próximo período, também foi discernido o lema: “Rogai, pois, ao Senhor da colheita que mande operários para sua messe”. O trecho foi retirado do Evangelho de São Mateus, capítulo 9, versículo 38.

Dom Ângelo faz convida para a celebração:

Com informações do portal A12. Foto de capa: Juan Ribeiro

Republicação: CNBB Nacional

 

Veja Também