Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Após nomeação, Dom Devair visitou Piracicaba em novembro de 2020 para conhecer a Diocese (Foto: Paulo Gomes)

Há um ano, em 11 de novembro de 2020, o Papa Francisco aceitava a renúncia de Dom Fernando Mason ao governo pastoral da Diocese de Piracicaba e, no mesmo dia, nomeava como sexto bispo diocesano desta Igreja local, Dom Devair Araújo da Fonseca, até então titular de Uzali e também bispo-auxiliar da Arquidiocese de São Paulo para a Região Episcopal da Brasilândia.
Em recente entrevista a radialistas, Dom Devair falou sobre como recebeu, em 2020, o comunicado do Núncio Apostólico do Brasil de que o Papa Francisco o havia designado para esta Diocese. “Eu estava em casa, tinha acabado de chegar de uma reunião e recebi um telefonema da nunciatura me informando que o Santo Padre tinha me nomeado Bispo de Piracicaba”, relatou.
Em seguida, ao ser questionado se entendia isso como “uma promoção”, o bispo respondeu: “Nessa questão eclesiástica, nunca encaramos como uma promoção, mas sempre como serviço. É uma necessidade que a Igreja tem e ela nos desloca de um lugar para o outro. Eu era padre em Orlândia, na Diocese de Franca, e quando fui nomeado bispo as pessoas também diziam que era uma promoção. Não, não se trata de promoção. A Igreja entende que você pode fazer aquilo que já está fazendo de outra maneira e assim vem a nomeação, a transferência”.
E continuou: “A Igreja te envia para o lugar onde você pode servir melhor, onde é necessário. Nunca é uma promoção. Trata-se sempre de uma obediência ao Papa. Estava na Arquidiocese de São Paulo, trabalhando com mais outros seis bispos-auxiliares e o cardeal (Dom Odilo Scherer) porque a Arquidiocese tem quase seis milhões de habitantes. Eu assumi a região da Brasilândia, onde se fala de um milhão de pessoas e onde existem 35 paróquias, e também respondia pelo vicariato da Comunicação. É um serviço que eu fazia lá. É um serviço que faço aqui enquanto a Igreja precisar. Não é uma promoção pessoal, é uma necessidade da Igreja, que aceitamos atender sempre com obediência, mas principalmente com muita alegria”, explicou o bispo.
Dom Devair recebeu a ordenação episcopal em 1º de fevereiro de 2015. Após a nomeação para a Diocese de Piracicaba, sua posse como sexto bispo de Piracicaba ocorreu em 16 de janeiro de 2021, na Catedral.
A matéria completa está aqui no site da Diocese de Piracicaba
Fonte: Assessoria Diocesana da Diocese de Piracicaba