Notícias

Entrevista com o Bispo Responsável da Pastoral Familiar – Dom Emilio Pignoli

dom_emilio

O bispo referencial da Pastoral Familiar do Regional Sul 1 da CNBB, dom Emilio Pignoli (foto), faz sua avaliação do congresso

O XVIII Congresso Regional da Pastoral Familiar já acabou, mas já começam os preparativos para a organização do próximo congresso, daqui a um ano. Dom Emilio Pignoli, bispo que acompanha a Pastoral Familiar no Regional Sul 1 da CNBB, faz uma breve avaliação do XVIII congresso na entrevista a seguir.

Qual é a avaliação do senhor sobre o Congresso Regional da Família? Os objetivos foram alcançados?

Dom Emílio: Objetivos alcançados: incentivar a criação da Pastoral Familiar em todas as Paróquias. Além da participação de 41 Dioceses que estão envolvidas nesse propósito, faltou somente a Diocese de Registro.

O que ficou de aprendizado do XVIII Congresso?

Dom Emílio: O cardeal Dom Odilo Pedro Scherer deu amplo conhecimento dos trabalhos do Sínodo Extraordinário de 2014 e o próximo que acontecerá de 05 a 20 de outubro deste ano. Todos gostaram demais de sua exposição, que foi muito prática. Também foi dado um amplo posicionamento, por dois professores especialistas no assunto, quanto à “ideologia de gênero”. Foi bastante esclarecedor.

Pensando hoje, o que seria ideal que tivesse XIX Congresso que ainda não fez parte das outras edições?

Dom Emílio: Será na Arquidiocese de Ribeirão Preto, nos dias 8, 9 e 10 de julho de 2016. Proposta de enfoque quanto à preparação ao matrimônio, envolvendo a Pastoral da Juventude e a Catequese para trabalhar a importância do “Sacramento” da Família.

Agradecemos a entrevista gentilmente concedida por Dom Emilio Pignoli. Renato Papis, MTb 61012/SP

 

Tags

Palavra do Presidente

NOVO ESTATUTO DA CNBB

Facebook

Assine nossa newsletter

Conheça nossos parceiros.