Destaques Nota

Em nota, Regional Sul 1 da CNBB lamenta o falecimento do Pe. Roberto Duarte Rosalino

A Presidência do Regional Sul 1 da CNBB, lamentou a morte do Padre Roberto Duarte Rosalino, CMF, ocorrido na noite desta terça-feira, 25 de maio, em São Paulo, vítima de complicações em decorrência da Covid-19

Eis a nota na íntegra:

São Paulo, 26 de maio de 2021.

 

Ao Padre Marcos Loro, CMF, Superior Provincial dos Missionários Filhos do Imaculado Coração de Maria – Claretianos.

“Eu sou a ressurreição e a vida.

Aquele que crê em mim, ainda que morra, viverá” (Jo 11, 25-26).

Tendo recebido a notícia do falecimento do Padre Roberto Duarte Rosalino, CMF, ocorrido na noite desta terça-feira, 25 de maio, em São Paulo, vítima de complicações em decorrência da Covid-19, a Presidência do Regional Sul 1, em nome dos Bispos que o integram, manifesta solidariedade à Congregação dos Missionários Filhos do Imaculado Coração de Maria – Claretianos, e aos seus familiares.

Padre Rosalino tinha 70 anos de idade, dos quais 50 foram dedicados à vida religiosa e 44 ao ministério presbiteral. Ele era reconhecido como pessoa terna, companheira e empenhado na evangelização.

Deixou um legado de engajamento pela educação católica e pelo bem das escolas e universidades confessionais do nosso país. Nesse sentido, dedicou-se à Associação Nacional de Educação Católica do Brasil (ANEC), na qual era o atual 2º Tesoureiro.

No Regional Sul 1, de 2004 à 2008 foi coordenador da Conferência dos Religiosos do Brasil (CRB) – Regional São Paulo, organismo vinculado ao Regional paulista da CNBB.

Ao fazer sua páscoa definitiva, o confiamos ao Imaculado Coração de Maria, grande fonte de inspiração em sua vida religiosa e ministerial.

Descanse em paz!

Em Cristo,

Dom Pedro Luiz Stringhini
Presidente

Dom Edmilson Amador Caetano
Vice-Presidente

Dom Luiz Carlos Dias
Secretário

Palavra do Presidente

NOVO ESTATUTO DA CNBB

Facebook

Assine nossa newsletter

Conheça nossos parceiros.