Comissões Episcopais Pastorais

Educadores reuniram-se em Araras

pastoral_educacao_reduzidaOs agentes e educadores que constituem a Pastoral da Educação do Regional Sul 1 da CNBB, reuniram-se, na Casa de Retiros Emaús, em Araras, Diocese de Limeira (SP), nos dias 22, 23 e 24 de março, para o seu Encontro Anual.

O tema do evento, inspirado na Campanha da Fraternidade 2013, Fraternidade e Juventude, teve por  foco a Educação para Cidadania.

Na abertura dos trabalhos, frei Carlos Josaphat, OP apresentou o tema Juventude da Igreja no Jubileu de Vaticano II, ao raiar do pontificado de Francisco. Insistindo na renovação fundamentada no Concílio Vaticano II, frei Carlos chama atenção para situações que sustentam a juventude da Igreja: “A título de exemplos ilustrativos, se poderia destacar algumas questões, privilegiadas pelo Concílio como relevantes para a vitalidade ou a renovação da Igreja. Reconhecer e promover a vocação própria dos leigos, seu chamado à santidade, sua participação ativa na liturgia e na vida Igreja, sua missão evangelizadora e na promoção de uma sociedade justa e solidária. O que está em relação íntima com a formação bíblica e teológica do laicato para sua atividade ecumênica entre cristãos e com as diferentes religiões e para sua presença nos movimentos e projetos de reformas de base da sociedade”.

No sábado, após a Eucaristia, o Prof. Luiz Antonio de S. Amaral apresentou o tema: A realidade de nossa juventude a partir do Texto-Base da CF 2013. Seguiram-se grupos  para aprofundamento do tema  e análise dos textos a serem  publicados pela Pastoral da Educação do Regional Sul1, em forma de cartilha, como já se faz há vários anos. Esta cartilha,  denominada “CF na Escola”, permite   levar o tema da CF aos alunos, especialmente das escolas  públicas, na forma de Rodas de Conversa.  Foram, também, analisados os textos  da Profa. Izabel Gonçalves Arpa Gimeno, para orientação de  grupos de jovens,  sobre o tema da CF 2013.

Em continuidade, foi realizada mesa de trabalho com lideranças diocesanas da Mobilização Social pela Educação, na qual  foram relatadas experiências visando a melhoria da educação nas escolas públicas.

Em seguida, a Profa. Dra. Maria Stela Santos Graciani, da PUC/SP,  fez palestra com o título A relação entre Cidadania e Educação: Desafios e Avanços Contemporâneos, na qual alertou os presentes:  “A cidadania sempre foi rechaçada pelo Estado burguês, que privilegiava em seus estatutos legais o “cidadão burguês” donos das grandes propriedades, e com muita luta estamos conseguindo pensar na superação desta exclusão, através de políticas públicas sugeridas por vários segmentos sociais, em relação aos negros, indígenas, deficientes, crianças, adolescentes, mulheres, meio ambiente dentre outros”.

Na noite de sábado, o grupo realizou, nos jardins da Casa de Emaús,  a Oração da Via Sacra.

No domingo,  após a Celebração da Missa de Ramos,  o plenário   retomou  as conclusões dos trabalhos em grupo e a avaliou a realização das propostas da Pastoral da Educação nas dioceses, com destaque para ações relacionadas com  Educação para a Paz, Superação da Violência nas Escolas, Bullying, Trabalho da CF nas Escolas, Superação da Discriminação Racial nas Escolas e as ações relativas a Mobilização Social pela Educação e a apresentação do site da Pastoral da Educação da Diocese de Franca.

No encerramento, a oração de envio celebrou a  ação evangelizadora dos membros da  pastoral  no Mundo da Educação.

De Limeira, equipe da Pastoral da Educação. Foto. Nize Lane

Palavra do Presidente

NOVO ESTATUTO DA CNBB

Facebook

Assine nossa newsletter

Conheça nossos parceiros.