Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Relatório da assessoria das Pastorais sociais ainda aponta a montagem de  4.200 cestas básicas em toda a Diocese
Ações pastorais em toda a Diocese de Araçatuba entre março e junho de 2020, período em que a pandemia do Novo Coronavírus começou a disseminar, resultaram no auxílio de mais de 21 mil pessoas, na arrecadação de mais de 85 toneladas de alimentos e na montagem de 4.282 cestas básicas, aponta relatório feito pela assessoria diocesana das pastorais sociais e enviado para a ação emergencial “É tempo de cuidar”, idealizada e motivada em todo o Brasil pela CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil).
A ação em nível diocesano envolveu as 33 paróquias desta Igreja Particular, bem como as pastorais e os movimentos. Além das cestas básicas foram arrecadados ainda produtos de limpeza e de higiene, álcool em gel, móveis, cobertores, calçados e vestuários. Em torno de 8 mil máscaras foram distribuídas e ainda foram doadas marmitas.
Em parceria com a paróquias nas cidades onde atua, o Sesi (Serviço Social da Indústria) preparou 63.119 marmitas durante o período avaliado pelo relatório. A entidade possui projetos sociais atuantes e colaborou com a compra dos alimentos e a preparação das marmitas.
ESPERANÇA

Arrecadação de alimentos em uma das paróquias da diocese

Conforme o assessor diocesano das pastorais sociais, padre Valdir Silvestre, os gestos levam esperança em tempos doloridos e de incertezas.
“Nossa diocese também participa, neste tempo difícil de pandemia, deste mutirão de gestos solidários e fraternos, para ajudar quem necessita. Das nossas paróquias, comunidades, pastorais e movimentos brotaram muitos gestos que alimenta, que protege, que consola na doença, que leva esperança.”, afirma o padre.
Confira a íntegra da matéria aqui
Fonte: Assessoria de Comunicação Social Diocesana