Destaques Especial

Dom Devair Araújo da Fonseca inicia seu ministério na Diocese de Piracicaba

No sábado, 16 de janeiro, Dom Devair Araújo da Fonseca tomou posse como 6º bispo da Diocese de Piracicaba, na Catedral Santo Antônio, em Piracicaba.

Devido à pandemia da Covid-19, aproximadamente 200 pessoas participaram da celebração, respeitando as regras de distanciamento e de higiene. No interior da Catedral, apenas autoridades civis, militares e eclesiásticas, além do clero diocesano e uma representação de leigos puderam participar da Missa e Posse do novo bispo. Também compareceram à cerimônia, parentes e amigos de Dom Devair.

A cerimônia teve início às 9h, com a chegada de Dom Devair Araújo da Fonseca, Dom Fernando Mason e o arcebispo de São Paulo, Cardeal Dom Odilo Pedro Scherer, que foram recebidos pelo Colégio de Consultores, formado pelos padres Anselmo Cardoso Martiniano, Eugenio Pessato, Genildo Neves dos Reis, Kleber Fernandes Danelon, Marcelo Sales, Reginaldo Aparecido Brandão e Ronaldo Francisco Aguarelli.

Dom Devair recebeu o crucifixo e o beijou. A seguir aspergiu-se com água benta e depois aos presentes. Em seguida, Dom Devair foi conduzido à capela do Santíssimo para uma oração pessoal. Depois, paramentou-se para a missa.

ATO DE POSSE – Após a procissão solene de abertura teve início a celebração eucarística, presidida por Dom Devair, e a Letra Apostólica pela qual o Papa Francisco nomeou Dom Devair para a Diocese de Piracicaba foi apresentada aos membros do Colégio dos Consultores, pelo diácono Carlos Alberto Vila. Em seguida, monsenhor Jamil Nassif Abib, chanceler do Bispado, leu o documento pontifício.

Padre Ronaldo Francisco Aguarelli fez a saudação a Dom Devair, em nome de toda a diocese.

Logo após, realizou-se o ato de manifestação de obediência e respeito ao novo bispo pelos representantes dos padres, diáconos, religiosos, religiosas e leigos. O Presidente da Câmara de Vereadores de Piracicaba, Gilmar Rotta ofereceu também cumprimentos a Dom Devair.

Concluído o ato de posse, prosseguiu a Celebração Eucarística. Na homilia, Dom Devair lembrou especialmente tantas pessoas que não puderam estar presentes, por conta das restrições impostas “trago todos vocês em meus pensamentos e orações”. Também agradeceu aos 15 anos em que Dom Fernando esteve à frente da diocese “com zelo apostólico e espírito missionário”.

A partir do evangelho das Bodas de Caná, o bispo lembrou que a Eucaristia nos alimenta na missão nesses momentos difíceis de pandemia. “Jesus não ficou isolado, porque nenhuma realidade verdadeiramente humana, nenhum sofrimento ou tristeza está longe do seu coração”, disse Dom Devair.

E nós, como discípulos de Cristo, “estamos a serviço do Reino, cada um segundo o próprio ministério e carisma”. No entanto, para Dom Devair “não pode faltar alegria no caminho para o Reino”.

Na sua primeira mensagem como novo pastor, Dom Devair destacou ainda que é preciso “continuar a trabalhar para vencer os desafios”, sendo que, entre todos eles, a pandemia é o mais urgente e atual. Para o bispo “é tempo de reafirmar a caridade cristã, ainda mais”.
Para encerrar, transmitiu uma mensagem de coragem a todo povo diocesano, “Vamos caminhar juntos, animados pela Palavra de Deus e alimentados pela Eucaristia. Vamos reanimar nossas comunidades, revitalizar nossas pastorais e movimentos. Vamos perdoar o que é preciso perdoar, vamos curar as feridas abertas, vamos dar passos de conversão e comunhão, vamos corrigir e reorientar os nossos passos”, finalizou Dom Devair.

Após a comunhão, aconteceu consagração a Nossa Senhora e, em seguida os discursos de agradecimento. Dom Fernando afirmou que “sua vinda entre nós seja uma nova etapa de crescimento, para sermos mais e melhor o que já somos, a Igreja de Cristo: a Igreja una, santa, católica e apostólica”.

Cardeal Dom Odilo desejou que a partir da experiência que Dom Devair já tem de episcopado, seja muito feliz, possa fazer bom uso no serviço da Diocese de Piracicaba “que Deus o abençoe, ilumine, fortaleça, conduza e não lhe falte a luz do Espírito Santo, não lhe falte a serenidade da graça de Deus”.

Já Dom Pedro Luiz Stringhini, bispo de Mogi das Cruzes e presidente do Regional Sul 1 da CNBB, expressou a alegria do episcopado paulista em ter “em sua pessoa mais um irmão bispo diocesano”.

Por fim, o prefeito de Piracicaba, Luciano Santos Tavares de Almeida deu as boas-vindas a Dom Devair e pediu o auxílio na conscientização dos fiéis nesse momento da pandemia “que procurem ficar em casa, pois estamos batendo recorde de positivados”.

Na sequência, padre Kleber Fernandes Danelon fez a leitura da ata da cerimônia de posse canônica e Dom Devair agradeceu a todas as graças que Deus lhe concedeu ao longo da vida e realizou a bênção final.

Fonte: Diocese de Piracicaba
Foto: Felipe Barreto

Palavra do Presidente

NOVO ESTATUTO DA CNBB

Facebook

Assine nossa newsletter

Conheça nossos parceiros.