Notícias

Diocese de Santo André recebe visita do Núncio Apostólico

DSC00909
Núncio: “Volto para Brasília levando todos vocês no meu coração”

Já estamos com saudades! Este é o sentimento que Núncio Apostólico no Brasil, Dom Giovanni D’Aniello, deixou nos fiéis do Grande ABC com seu retorno a Brasília, ontem (terça-feira, 11). Com apenas três dias na região, o representante diplomático da Santa Sé conquistou o povo com carisma peculiar que ele tratou de demonstrar na segunda-feira (10), na Santa Missa na Catedral Nossa Senhora do Carmo, sem espaço para tantos fiéis, que superaram percalços para participar da celebração.

O bispo de Santo André, Dom Nelson Westrupp, scj, o vigário-geral, Pe. Beto, o pároco local, Vanderlei Nunes, e a maioria dos sacerdotes da diocese co-celebraram a Santa Missa, que contou também com a participação de vários diáconos permanentes e seminaristas.

Com quantidade enorme de pessoas em um mesmo local, o trânsito aumentou nas ruas próximas à Igreja, mas nada que desanimasse os fiéis, recompensados ao fim da celebração. O casal Maria Antonio Machado Cândido e José Rocha Cândido, da Paróquia Nossa Senhora da Paz de Santo André, ressaltou que a dificuldade em chegar à Igreja valeu a pena. “Foi difícil devido ao trânsito e ao problema para estacionar. Mas valeu todo o esforço. O Núncio nos traz um amor muito bom”, disse Maria Antonio Machado. “Pensei que não fosse conseguir vê-lo. Garanto que estou sentindo uma paz muito grande em meu coração. É uma bênção a presença do Núncio em nossa Diocese”, emendou José, carpinteiro assim como o Pai de Jesus.

Para a paroquiana da Imaculada Conceição, a Matriz de Diadema, Letícia Raviere da Cruz, o Núncio trouxe uma paz aos fiéis. “Senti um pedacinho do céu. Foi uma alegria muito grande, algo de Deus essa visita dele. A sua humildade demonstrada na homilia. São palavras que vão ficar no coração”, explicou Letícia, que também faz parte da comunidade Chagas de Amor.

Segundo o Gerson Xavier Beneti, da Paróquia Bom Jesus de Piraporinha, em Diadema, a noite em Santo André foi um presente de Deus. “Seria o mesmo que abraçar o Papa Francisco até porque eles se parecem com o modo simples. Não podia perder esta oportunidade”, afirmou.

Guardados no coração

Logo no início de sua homilia, o Núncio destacou a felicidade que sentiu em estar na Diocese de Santo André. “Sabe quando fica olhando um quadro por muito tempo e não consegue mais ir embora. Você fica olhando este quadro por muito tempo, louvando a Deus por ter dado a genialidade ao pintor de saber apresentar uma obra. Sinto-me assim na frente desta assembleia, louvando a Deus por me dar a oportunidade de admirar esta obra de arte. Então agradeço a Deus por conhecê-los, apesar de pouco tempo”, disse Dom Giovanni.

E os fiéis ficarão guardados no coração de Dom Giovanni. “Parabéns Diocese de Santo André. Continua neste caminho e esteja certo de minhas orações. O Núncio é um padre e todos os padres têm um coração, que apesar de ser um músculo, ele é elástico, se alarga, se abre. A partir de hoje à noite, todos vocês estão no coração do Núncio. Deus abençoe vocês”, assegurou.

Homenagens

Dom Nelson agradeceu a presença do Núncio e recordou que todo o clero da Igreja de Santo André, assim como religiosos, seminaristas, pastorais, movimentos e associações da Diocese estavam presentes. “A alegria é grande de nossa parte por ter a presença do Papa Francisco na pessoa do nosso Núncio Apostólico. Queremos assegurar as nossas orações, pedindo ao Espírito Santo que continue na sua nobre e elevada missão de representar o Santo Padre e pedir uma bênção apostólica do Papa Francisco para todo o povo de Deus. Queremos demonstrar nosso afeto, nossa amizade e nosso amor, pode ter certeza que sempre continuaremos a orar por sua presença”, destacou Dom Nelson.

Pe. Beto também deixou sua mensagem de carinho ao Núncio. “É com muita alegria que expresso essas palavras em agradecimento por esses dois dias intensos e tão importantes e que ficarão gravados na memória diocesana. Sua palavra com certeza vai ressoar em nossos corações. Vamos levar sua mensagem em toda a nossa diocese. Diga ao Papa Francisco que queremos continuar firmes no seu coração. Abraçando o senhor, estamos abraçando o Papa”, ressaltou o Vigário-geral.

O Núncio, assim como na primeira Missa, abraçou todos os fiéis após o término da Celebração.

DSC00983

DSC00949Texto e foto da Assessoria Diocesana de Imprensa

Palavra do Presidente

NOVO ESTATUTO DA CNBB

Facebook

Assine nossa newsletter

Conheça nossos parceiros.