Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Nesta manhã, a Diocese de Marília publicou Edital para a escolha de seu brasão. O texto lançado explica a importância do brasão na tradição da Igreja e sua aplicação nos impressos oficiais da Diocese.
Via internet, todos poderão votar nos dois modelos que serão disponibilizados no Portal da Diocese entre os dias 31 de julho e 23 de agosto (www.diocesedemarilia.net.br).
Ambos os modelos heráldicos foram desenvolvidos pelo heraldista eclesiástico, Padre Rodrigo Catini Flaibam, do clero da Arquidiocese de Campinas (SP). As chaves de São Pedro Apóstolo, padroeiro da Diocese, os três cursos d’água, que indicam as divisas do território diocesano por meio dos rios do Peixe, Aguapeí, e Paraná, a cultura de café, que representa o impulso dado à povoação do território, e o livro dos Santos Evangelhos são alguns dos elementos que compõem os modelos de brasão.
O início da votação ocorrerá no dia em que os padres e diáconos estarão em Adamantina, juntamente com o bispo diocesano, Dom Luiz Antonio Cipolini, e Dom Osvaldo Giuntini, bispo emérito, para a reunião geral do clero. O anúncio do modelo vencedor acontecerá durante a realização do Curso de Atualização dos Leigos e Consagrados, em Osvaldo Cruz, no dia 26 de agosto. Na ocasião, fiéis representantes das 63 paróquias e duas quase-paróquias da Diocese participarão do encontro anual de formação.
Com informações da diocese de Marília