Arquidioceses e Dioceses Dioceses Notícias

Diocese de Limeira recebe visita do Núncio Apostólico

 

O Núncio Apostólico no Brasil, Dom Giovanni d’Aniello, por ocasião de sua visita à Diocese de Limeira, programada para acontecer nos dias 20 e 21 de outubro, terá momentos de encontro com o clero diocesano e com várias lideranças da diocese de Limeira.

Dom Giovanni chegará em Campinas na sexta-feira, 19, à tarde, onde fará uma visita ao Seminário Maior São João Maria Vianney.

No sábado, dia 20, às 9h, na catedral diocesana Nossa Senhora das Dores, em Limeira, Dom Giovanni, acompanhado de Dom Vilson Dias de Oliveira, DC, bispo diocesano de Limeira, será acolhido pelo prefeito Mário Botion e demais autoridades eclesiásticas e civis presentes. Após a cerimônia de acolhida, que contará cm a execução do hino nacional e do Vaticano, terá início o rito de abertura da porta da catedral. Às 10h, acontece a Celebração Eucarística, presidida por Dom Giovanni e com a presença do clero diocesano, seminaristas, autoridades e leigos.

Após missa, Dom Giovanni terá um momento reservado com os presbíteros, antes do almoço.

 

No período da tarde, a programação prevê uma visita à construção da nova Cúria Diocesana e as dependências da Cúria atual e um encontro com Coordenadores de pastoral, movimentos e serviços. Este encontro acontece no Centro Diocesano de Limeira (CDL).

 

No domingo, dia 21, a programação prevê a visita de Dom Giovanni às Basílicas e aos Santuários da Diocese de Limeira.

Pela manhã, às 8h45, Dom Giovanni será recepcionado nas escadarias da Basílica Santuário Santo Antônio de Pádua, em Americana, onde presidirá missa às 10h.

No período da tarde o Núncio Apostólico visitará a Paróquia N. Sra. do Perpétuo Socorro (visita à nova Igreja Paroquial) e deixará uma mensagem aos jovens da JDJ (Jornada Diocesana da Juventude).

Em seguida, Dom Giovanni visita a Basílica Nossa Senhora do Patrocínio, em Araras, o Santuário São Sebastião, em Porto Ferreira, e preside missa no Santuário Bom Jesus dos Aflitos, de Pirassununga, encerrando a visita à Diocese de Limeira.

Esta é a segunda vez que a diocese de Limeira recebe a visita de um Núncio Apostólico. A primeira vez ocorreu há 41 anos, em junho de 1976, por ocasião da instalação da diocese e ordenação de dom Tarcísio Ariovaldo do Amaral, 1º bispo Diocesano de Limeira.

Dom Giovanni tem 63 anos e nasceu em Aversa (Itália). Foi ordenado sacerdote em dezembro de 1978. É doutor em Direito Canônico. Ingressou no Serviço Diplomático da Santa Sé em 1983, tendo desempenhado a sua atividade junto às Representações Pontifícias do Burundi, Tailândia, Líbano, Brasil e Seção para as Relações com os Estados da Secretaria de Estado, no Vaticano. Foi nomeado Núncio Apostólico na República Democrática do Congo, em 2001, e em 2010, foi transferido para a Tailândia e Camboja. Em fevereiro de 2012, o papa Bento XVI nomeou dom Giovanni d’Aniello para o cargo de núncio apostólico no Brasil, em substituição a dom Lorenzo Baldisseri.

O convite para dom Giovanni vir à Diocese de Limeira partiu de dom Vilson, em abril do ano passado.

Para dom Vilson a vinda do Núncio Apostólico à diocese de Limeira é motivo de festa para todos os diocesanos, que tem a oportunidade, neste Ano do Laicato, de receber o representante do papa. “É um momento festivo para todos nós. O Núncio Apostólico, dom Giovanni, representa nosso contato com o Papa Francisco. Ele vem apresentar o que diz o papa para nós. É nossa proximidade com o Santo Padre, sucessor de Pedro”, disse.

Núncio Apostólico

O núncio apostólico representa um alto nível das missões diplomáticas da Santa Sé, equivalente a uma embaixada, sendo, portanto, como um embaixador da Santa Sé no país a que foi designado.

Um núncio apostólico ou núncio papal é um representante diplomático permanente da Santa Sé que exerce o posto de embaixador. Representa a Santa Sé perante os Estados (e perante algumas organizações internacionais) e perante a Igreja local. Costuma ter a dignidade eclesiástica de arcebispo. Normalmente reside na Nunciatura Apostólica, que goza dos mesmos privilégios e imunidades que uma embaixada.

 

Com informações da Diocese de Limeira

Palavra do Presidente

NOVO ESTATUTO DA CNBB

Facebook

Assine nossa newsletter

Conheça nossos parceiros.