Notícias

Diocese de Bauru celebra Jubileu de Ouro e recebe Núncio Apostólico

reduzida
Nas festividades dos 50 anos, visita pastoral de Dom Giovani D’Aniello, missas e concentração com cerca de 15 mil pessoas

Com o tema “O Espírito Santo nos conduz”, a Diocese de Bauru (SP) comemorou neste mês de maio os 50 anos de sua criação e instalação. Nos três anos de preparativos, tendo à frente Dom Caetano Ferrari, OFM, a comunidade se uniu em ações missionárias, momentos de oração e assembleias do sínodo, resultando no novo Plano Diocesano de Pastoral. O documento prioriza a renovação das paróquias, as famílias, a juventude e a ação social.

Visita pastoral No ponto alto das comemorações, destaque para a presença do Núncio Apostólico no Brasil, Dom Giovani D’Aniello, em Bauru de 16 a 19 de maio. Sempre muito simpático e próximo das pessoas, Dom Giovani conversou com os jovens e a comunidade na Universidade Sagrado Coração (USC); rezou pelos doentes no Centrinho – Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais, da Universidade de São Paulo (USP); visitou o Projeto Sócio-educativo Caná, onde recebeu a missão de levar uma carta das crianças e jovens atendidos ao papa Francisco; conheceu o Mosteiro das Monjas Concepcionistas Franciscanas Contemplativas e passou pelo Hospital Beneficência Portuguesa. A agenda incluiu ainda um encontro com as lideranças religiosas e duas missas: na Catedral do Divino Espírito Santo e no Estádio Alfredo de Castilho, em uma cerimônia que reuniu cerca de 15 mil pessoas no dia 18 de maio.

Grande festa do Jubileu A concentração diocesana no estádio contou com acolhida às 41 paróquias que compõem a Diocese (em 14 municípios), revoada de 50 pombas e missa solene, presidida por Dom Giovani e concelebrada por Dom Caetano, diversos bispos da região, o clero local e padres convidados. Ainda na cerimônia, houve o anúncio do novo Plano de Pastoral, lançamento do selo e carimbo dos Correios alusivos ao Jubileu, homenagens e apresentação de um documentário histórico; depois, show com padre Reginaldo Manzotti e queima de fogos. Entre suas mensagens para a Diocese, o Núncio Apostólico lembrou que “o Ano Jubilar não é somente uma ocasião de agradecimentos, mas também uma oportunidade ímpar para a avaliação da caminhada que envolve a vida diocesana em todos os níveis e tem como frutos, entre outros, a renovada fidelidade a Deus, no empenho específico de cada um”.

Para saber mais acesse: www.bispadobauru.org.br

De Bauru, Aline Mendes, jornalista e assessora de imprensa da Diocese de Bauru. Foto Aline Mendes

 

Tags

Palavra do Presidente

NOVO ESTATUTO DA CNBB

Facebook

Assine nossa newsletter

Conheça nossos parceiros.