Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp


No dia 22 de março celebramos o Dia Mundial da Água, data instituída pela Organização das Nações Unidas (ONU) no ano de 1922, para que a humanidade pudesse refletir acerca da preservação de nossos recursos hídricos em todo o mundo, sobretudo, ampliando a discussão sobre o tema.
Na Igreja, a Pastoral da Ecologia promove essa discussão à luz da evangelização, tendo presente a realidade concreta dos recursos naturais e o papel da humanidade na administração destes.
O bispo referencial da Pastoral da Ecologia do Regional Sul 1 da CNBB, Dom Eduardo Malaspina, bispo auxiliar da Diocese de São Carlos, nos convida à reflexão do tema proposto para este dia: Água subterrânea, tornando o invisível, visível.
Através de vídeo motivacional, Dom Eduardo, nos atualiza sobre o tema, indicando as ameaças existentes aos nossos recursos hídricos e aponta direcionamentos para que os católicos possam, em suas realidades particulares, fazer a sua parte na preservação. Também destaca a Carta Encíclica Laudato Si, onde o Papa Francisco enfatiza que a “água potável e limpa constitui uma questão de primordial importância, porque é indispensável para a vida humana e para sustentar os ecossistemas terrestres e aquáticos” (LS, 28).
Segue o link para assistir o vídeo