Notícias

Comidi da diocese de Araçatuba inicia Santas Missões Populares

IMG_6656_stitchalterado

No último domingo (20), o Comidi (Conselho Missionário Diocesano) da diocese de Araçatuba abriu as Santas Missões Populares 2014, com Santa Missa de envio na matriz da paróquia Nossa Senhora Aparecida, de Lavínia, (SP), anfitriã deste ano. A celebração eucarística foi antecedida pela procissão missionária, percorrendo as ruas adjacentes da matriz paroquial.

O tema para esta edição é “Igreja Missionária vivendo em comunidade” e lema “É para liberdade que Cristo nos libertou” (Gl 5,1). Explicando a escolha, Padre José Arlindo de Oliveira, pároco local, disse que ambos estão em comunhão com a caminhada da Igreja do Brasil em 2014, referindo-se ao documento de estudo da CNBB 104Padre Arlindo, pároco, e padre Edson, coordenador diocesano do Comidi, durante a Santa Missa de envio abrindo as Santas Missões 2014 “Comunidade de Comunidades: Uma nova Paróquia”.

Durante missa, padre Edson Barbosa, coordenador diocesano do Comidi, explicou: “Participar das Santas Missões é viver um grande retiro popular na comunidade, reanimando a fé do Povo de Deus através da ação missionária”.

As Santas Missões Populares acontecem entre os dias 19 e 26 de janeiro com a presença de aproximadamente 50 missionários oriundos de várias paróquias da diocese. Segundo o Comidi, cerca de 1500 famílias serão visitadas ao longo destes dias. A cidade foi dividida em 6 setores: Matriz paroquial e as comunidades Rosa Mística, Santo Expedito, Nossa Senhora da Boa Viagem, Santo Antônio e Santa Terezinha.

Todos os dias, em todos os setores, além das visitas, haverão atividades voltadas a espiritualidade missionária: oração da manhã, missas e celebrações, terço luminoso missionário, adoração ao Santíssimo, Missa dos enfermos e da juventude, caminhada penitencial e celebração da reconciliação, consagração a Nossa Senhora e momento cultural.

O encerramento das Missões será no próximo domingo (26), com Santa Missa presidida pelo bispo diocesano dom Sergio Krzywy.

 Um pouco mais sobre a cidade de Lavínia

 O município tem esse nome em homenagem à mulher do fundador, Coronel Joaquim Franco de Mello. Lavínia nasceu com a ascensão da estrada de ferro Noroeste do Brasil e a evolução da cafeicultura.  Foi fundada em 1933 (Lei Estadual nº 9775). O nome da cidade foi uma homenagem do coronel Joaquim para sua esposa, Lavínia Dauntre Salles de Mello. Atualmente, Lavínia conta com 8.779 habitantes e fica localizada a 58 km da cidade sede da diocese, Araçatuba.

 Fonte: Assessoria de Imprensa e Comunicação da Diocese de Araçatuba

 

Palavra do Presidente

NOVO ESTATUTO DA CNBB

Facebook

Assine nossa newsletter

Conheça nossos parceiros.