Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

familia
Na foto, Dom José está com seus irmãos e familiares

O bispo emérito recebeu homenagens de seus familiares, do clero, religiosos e fiéis que lotaram a catedral.
Na noite de ontem, dia 26 de dezembro, celebrou-se o Jubileu de 20 anos, de ordenação episcopal de dom José Moreira de Melo, bispo emérito de Itapeva. A celebração solene, em Ação de Graças, na Catedral Diocesana Sant’Ana, na diocese de Itapeva, foi presidida pelo próprio aniversariante, e concelebrada pelos bispos dom Arnaldo Carvalheiro Neto, bispo diocesano de Itapeva; dom Vicente Costa, bispo de Jundiaí; dom Gorgônio Alves da Encarnação Neto, bispo de Itapetininga e demais sacerdotes presentes.
A missa solene foi celebrada a pedido do atual bispo, Dom Arnaldo, foi um momento de prestar homenagem a Dom José, que soube de maneira humilde, mas eficiente, conduzir a diocese por esses 20 anos.
Na homilia, Dom José lembrou que encerra sua responsabilidade pela diocese, mas espera poder continuar ajudando este lugar tão especial que Deus o colocou. “Prefiro me colocar na maior simplicidade, agradecendo a Deus, mas tendo certeza que tudo de bom que ocorreu aqui, foi com certeza, obra de Deus”, disse o bispo.
Familiares de Dom José estiveram presentes na celebração, sendo apresentados por Dom Arnaldo e saudados pelos fiéis que lotaram a Catedral.
Breve trajetória de Dom José Moreira de Melo
Nascido em 3 de agosto de 1941 em Serra do Salitre, distrito de Patrocínio, Minas Gerais, recebeu nomeação Episcopal em 17 de janeiro de 1996 por São João Paulo II e foi ordenado bispo em Patos de Minas, no dia 25 de março de 1996.
Dom José chegou a Itapeva em 16 de maio de 1996, dos quais 20 anos exerceu o ministério episcopal em Itapeva.  Seu lema episcopal “Solidariedade para Evangelizar”.
Foi bispo responsável Pastoral Operária do Regional Sul 1; Presidente da sub-região pastoral Sorocaba; membro da Comissão Representativa do Regional; Presidente da Comissão Episcipal para o Ecumenismo e o Diálogo Inter-religioso. Acompanhou também a Pastoral da Comunicação do Regional Sul 1
Em 2016, em virtude de seus 75 anos, pediu sua renúncia ao Papa Francisco conforme previsto no Código de Direito Canônico, tornando-se então bispo emérito dessa diocese.