Notícias

As conclusões do 35º. Encontro Estadual Missionário

EE Missionário2015 (2)_missionario
A diocese de Jales sediará o 36º Encontro Estadual Missionário

 

“Precisamos ser uma Igreja em saída como nos pede o papa Francisco”. Com estas palavras Dom José Luiz Bertanha, Bispo de Registro, SP, e novo bispo referencial do Conselho Missionário Regional (Comire) da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil – Regional Sul 1, presidiu uma das celebrações eucarísticas do 35º. Encontro Estadual Missionário, ocorrido entre os  dias 28 a 30 de agosto, no Centro de Formação Sagrada Família, que teve como tema “A fé que testemunhamos”, e o lema: “Vós sereis minhas testemunhas” (At 1, 18).

Do encontro, que se realizou na região Episcopal Ipiranga, participaram delegados, incluindo sacerdotes, religiosos e leigos vindos das diversas arquidioceses e dioceses do estado de São Paulo

O evento foi aberto oficialmente com uma celebração eucarística presidida por Dom Vicente Costa, bispo de Jundiaí e dom Sergio de Deus, bispo auxiliar da Arquidiocese de São Paulo e vigário episcopal da Região Santana e concelebrada pelos padres presentes.

Na abertura a coordenadora estadual, Maria de Fátima da Silva e padre Everton, assessor do COMIRE deram as boas vindas e apresentaram os objetivos do encontro. Durante o evento os participantes refletiram sobre a vocação e os desafios deste novos tempos em relação à Missionariedade.

O evento contou com oficinas de reflexão, formação, espiritualidade, planejamento, convivência e testemunhos, desenvolvidos pelo padre José Altevir, provincial da Congregação do Espírito Santo, e pelos membros do COMIRE.

Através do tema do encontro: “A fé que testemunhamos”, e o lema: “Vós sereis minhas testemunhas” (At 1, 18), o assessor recordou o Ano da Fé, que foi instituído pelo papa Bento XVI entre 2012 e 2013 e exortou os participantes a testemunharem a fé anunciando o Evangelho e aquilo que vivem.

Segundo Fatiminha, “todos puderam se manifestar durante o encontro e isso gerou um debate rico e frutuoso. Ficou claro que, mais do que nunca, deve-se corresponder aos apelos urgentes de uma Igreja ‘em saída1, pois como exorta o Papa Francisco ‘não podemos deixar que roubem nosso entusiasmo missionário e nem podemos mais pensar em uma Igreja ‘fechada em si’. É preciso sair de nossa própria comodidade e ter coragem de alcançar todas as periferias que precisam da luz do Evangelho’ (EG 20).

O encontro encerou-se no domingo com a missa de Envio presidida por dom Sergio de Deus e com a entrega da imagem peregrina de Nossa senhora Aparecida para a diocese de Jales que sediará o 36º encontro estadual Missionário.

Palavra do Presidente

NOVO ESTATUTO DA CNBB

Facebook

Assine nossa newsletter

Conheça nossos parceiros.