Notícias

Arquidiocese de Sorocaba promove Encontro da Pastoral dos Surdos e Interpretes

JTM8 (2)_reduzida
Durante o encontro o arcebispo abençoou os participantes
e entregou uma cruz

Atualmente a Pastoral está presente na maioria dos Regionais e ajuda os surdos na compreensão dos ritos da Igreja por meio da Língua Brasileira de Sinais (Libras). 

A Arquidiocese de Sorocaba/SP promoveu no dia 6 de setembro seu primeiro Encontro de surdos e interpretes da Língua Brasileira de Sinais (Libras). Realizado na “Casinha de Nazaré”, em Sorocaba, o evento contou com a assessoria da irmã Nicoli Stecker, osb e presença do arcebispo metropolitano de Sorocaba, dom Eduardo Benes de Sales Rodrigues.

O encontro iniciou na manhã de domingo com uma palavra da coordenadora da Pastoral do Surdo Arquidiocesana, Maria Angela de Oliveira. Na ocasião, ela falou: de Maria, serva do Senhor, Mãe de Jesus e nossa Mãe. Disse que “em tudo Maria vai a frente e com a Luz do Espirito Santo e com os irmãos surdos e interpretes devemos seguir sempre os passos de Maria, pois só há unção quando há união”.

Após o momento mariano deu iniciou a Celebração Eucarística presidida pelo padre Reinaldo Barbosa, que dirigiu o Evangelho sobre Efatá (abra-te). Mateus 7, 31-37. Logo após, aconteceu a palestra da irmã Nicoli. Ela falou para deficientes auditivos e interpretes o quanto são especiais para Deus e da missão de cada um e cada uma no mundo, levando a Boa Nova para os surdos.

O Arcebispo Dom Eduardo, por ocasião da sua palestra “O encontro com Jesus Cristo”, sugeriu aos presentes para que se iniciasse um teatro em LIBRAS sobre Jesus e a Samaritana. O arcebispo enfatizou o encontro da Samaritana com Jesus, explicando como nos dias de hoje podemos ser discípulos missionários de Jesus.

Ainda durante o encontro aconteceram também diversas atividades. Momento marcante foi a adoração e bênção solene do Santíssimo Sacramento. Todos os surdos e interpretes oraram em LIBRAS, adoraram Jesus em silêncio. Outro momento marcante foi talvez o emocionado depoimento da surda Andresa Murat, onde ela testemunhou com alegria de entender a Missa por meio de Libras.

O encontro encerrou com uma confraternização, através do tradicional “Parabéns pra Você” pelo um ano da casa de Nazaré – Obra Social da Pastoral do Surdo.

Com informações da Pastoral dos Surdos Arquidiocesana

 

 

Tags

Palavra do Presidente

NOVO ESTATUTO DA CNBB

Facebook

Assine nossa newsletter

Conheça nossos parceiros.