Destaques Do Regional

Arcebispo metropolitano apresenta Campanha da Fraternidade ao Governo de SP

Fotos | Governo do Estado de São Paulo

O Cardeal e Arcebispo Metropolitano de São Paulo, Dom Odilo Scherer, apresentou nesta terça-feira (16) a Campanha da Fraternidade 2019 para o Governador de São Paulo, João Doria. A edição deste ano tem como tema “Fraternidade e Políticas Públicas” e o lema “Serás libertado pelo direito e pela Justiça”, inspirada no versículo bíblico de Isaías, 1:27.

“A missão pública é atender sobretudo os mais humildes, os mais pobres, aqueles que mais precisam da presença e da ação do Estado. Entre os quais, aqueles que estão desempregados, pessoas em situação de rua, vítimas das drogas, mulheres que são agredidas e ameaçadas, a comunidade negra e a comunidade indígena”, disse Doria.

Por meio da ação, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) convida os brasileiros para participarem da formulação, avaliação e controle social das políticas públicas para melhorar a qualidade dos serviços prestados ao povo.

“Não viemos aqui ensinar ao Governo como fazer políticas públicas, mas uma reflexão justamente sobre aquilo que a Campanha da Fraternidade propõe, isto é, as políticas públicas sejam orientadas por um sentido de fraternidade e solidariedade social. De modo que de fato se estenda a todos e de maneira muito especial a quem mais precisa”, afirmou o Arcebispo.

Criada em 1962, a campanha é apresentada todo ano na Quarta-Feira de Cinzas, quando tem início a Quaresma, período de 40 dias que antecede a Páscoa. Este ano, a ação lança um olhar para as ações e os programas do Estado para garantir direitos previstos na legislação brasileira.

O texto-base descreve o ciclo e etapas da política pública e faz a distinção entre as políticas de governo e as políticas de Estado, bem como apresenta os canais de participação popular, como os conselhos previstos na Constituição Federal.

A campanha

Criada em 1962, a campanha é apresentada todo ano na Quarta-Feira de Cinzas, quando tem início a Quaresma, período de 40 dias que antecede a Páscoa. Este ano, a ação lança um olhar para as ações e os programas do Estado para garantir direitos previstos na legislação brasileira.

O texto-base descreve o ciclo e etapas da política pública e faz a distinção entre as políticas de governo e as políticas de Estado, bem como apresenta os canais de participação popular, como os conselhos previstos na Constituição Federal.

Por meio da ação, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) convida os brasileiros para participarem da formulação, avaliação e controle social das políticas públicas para melhorar a qualidade dos serviços prestados ao povo.

O Presidente do Regional Sul 1 esteve presente no evento

Fotos | Governo do Estado de São Paulo

O bispo de Mogi das Cruzes e presidente do Regional Sul 1 da CNBB, dom Pedro Luiz Stringhini, esteve presente no evento promovido pelo Governador de São Paulo, João Dória, no Palácio dos Bandeirantes, em que foi apresentado o tema “Fraternidade e Políticas Públicas”.

Dom Pedro afirmou que “o encontro foi significativo, ficando clara a necessidade de um apoio mútuo entre o Poder Público, primeiro responsável por implementar as políticas públicas, e a Igreja, que traz esta reflexão através da Campanha da Fraternidade. Presente no encontro, Dom Carlos Lema, bispo auxiliar de São Paulo, apresentou, em números, informações sobre a ação da Igreja, especialmente através das Pastorais Sociais, que vão ao encontro do atendimento aos mais pobres. Verifica-se, portanto, uma parceria e colaboração com o poder público, a fim de que políticas públicas, a começar pela assistência social, sejam implementadas”, afirmou.

Com informações do site do Governo do Estado de SP

Palavra do Presidente

NOVO ESTATUTO DA CNBB

Facebook

Assine nossa newsletter

Conheça nossos parceiros.