Notícias

Aberta a Porta Santa da Misericórdia em Jundiaí

PORTA_SANTA_CAM01-0241 (Small)

O Ano Santo da Misericórdia começou oficialmente na Diocese de Jundiaí, na tarde do domingo, 13 de dezembro, com abertura da Porta Santa na Catedral Nossa Senhora do Desterro. O Bispo Diocesano, Dom Vicente Costa, presidiu a celebração, acompanhada por padres, diáconos, religiosas(os), seminaristas e centenas de fiéis vindos das 11 cidades do território diocesano.

O rito iniciou no Santuário Eucarístico Diocesano – Igreja Nossa Senhora do Rosário e São Benedito, de onde os fiéis saíram em procissão em direção à Catedral, no centro da cidade.

Na homilia, Dom Vicente convidou os fiéis a alegrarem-se e a experimentar a alegria que nasce da certeza de Deus nas nossas vidas. “O Jubileu da Misericórdia é tempo de viver a bondade e o perdão”.

A assembleia rezou para que os cristãos sejam misericordiosos, assim como o Pai é misericordioso.

Antes da bênção final, o Bispo Diocesano assinou o Decreto que institui o Ano da Misericórdia na Diocese de Jundiaí e estabelece os critérios para que os fiéis alcancem as indulgências plenárias.

A Catedral é uma das três Portas Santas abertas na Diocese de Jundiaí, formada por 11 municípios. As outras portas são: Santuário Senhor Bom Jesus, em Pirapora do Bom Jesus, que será aberta em 27 de dezembro, às 11h; e Santuário Nacional Sagrado Coração de Jesus, em Itu, onde Dom Vicente fará abertura no dia 6 de janeiro, às 19h30, mesmo dia em que a Diocese de Jundiaí comemora 49 anos de sua Instalação Canônica.

Na Diocese de Jundiaí, ao longo de 2016, Ano Santo da Misericórdia, estão previstas várias atividades inseridas nas festividades preparatórias para os 50 anos da criação da Diocese, a serem celebrados em janeiro de 2017.

 

Tags

Palavra do Presidente

NOVO ESTATUTO DA CNBB

Facebook

Assine nossa newsletter

Conheça nossos parceiros.