Com a palavra o Presidente

Vicariato Episcopal para a Educação e a Universidade

Após ouvir o Conselho de Presbíteros e os Bispos Auxiliares, e tendo tomado o conselho de mais outras pessoas, no dia 27 de junho passado, solenidade litúrgica do Sagrado Coração de Jesus, erigi na arquidiocese de São Paulo o Vicariato Episcopal para a Educação e a Universidade. Ao lado dos 6 vicariatos territoriais, ou Regiões Episcopais, este torna-se o 3º vicariato ambiental na Arquidiocese, junto com o Vicariato para o Povo da Rua e o da Pastoral da Comunicação.

Com este novo Organismo Pastoral, temos o propósito de aproximar mais, em São Paulo, a ação evangelizadora da Igreja dos ambientes da educação e do ensino superior, onde se encontram as crianças, adolescentes e jovens, além de numerosos profissionais de educação e ensino. Trata-se de responder a dois apelos da Igreja, que nos são feitos há algum tempo e, de maneira incisiva, pelo papa Francisco: ir ao encontro dos jovens e ser uma “Igreja em saída”, com nova disposição missionária.

Os âmbitos da educação e da universidade são especialmente importantes para a missão da Igreja, pois é neles que se prepara o futuro da sociedade; e a “alegria do Evangelho”, o sal, o fermento e a luz do reino de Deus não poderiam faltar na formação daqueles que assumirão os destinos da comunidade humana.

Outro fato relevante, que levou à criação o novo Vicariato, é que na arquidiocese de São Paulo há uma enorme concentração de instituições de educação e de ensino superior, estatais ou privadas, ligadas à Igreja ou não, com uma população estudantil que ultrapassa bem um milhão de pessoas! Nada indiferente para a missão da Igreja!

Reconhecemos que a maior parte dessas pessoas não é envolvida nem está em contato com as “normais” estruturas pastorais da Igreja, como as paróquias e as diversas organizações eclesiais. Mediante o Vicariato para a Educação e a Universidade, esperamos ter uma possibilidade a mais para ir ao encontro dessa população e para estar em contato com ela, convidando-a para o encontro com Deus, por Jesus Cristo e a experiência da fé cristã e da vida eclesial.

É missão primária da Igreja anunciar o Evangelho a toda criatura e em todos os ambientes. Nos âmbitos da educação e da universidade, os cristãos leigos, de maneira especial, têm um campo imenso para lançar as sementes do Evangelho e para contribuir nos processos sociais e culturais; as luzes do Evangelho e a sabedoria, que brota da experiência educadora secular da Igreja, podem beneficiar muito a educação. No desempenho desta missão, os leigos precisam ser formados e estimulados de maneira adequada.

O Vicariato para a Educação e a Universidade tem competências pastorais próprias e passa a ser coordenado por um Vigário Episcopal. Já nomeamos e provisionamos neste encargo o novo Bispo Auxiliar, Dom Carlos Lema Garcia, que desempenhará suas atribuições nos âmbitos do Vicariato em sintonia com a Pastoral de conjunto da arquidiocese de São Paulo. Cabe ao Vigário Episcopal fazer o planejamento de ações voltadas a alcançar os objetivos do Vicariato, propondo iniciativas de abrangência arquidiocesana, regional e paroquial.

O novo Vicariato foi posto sob a proteção de Deus, o patrocínio do apóstolo São Paulo, patrono da Arquidiocese, e a especial intercessão de São José de Anchieta, educador e apóstolo do Brasil.

Publicado em O SÃO PAULO, ed. de 01.07.2014

Card. Odilo P. Scherer, Arcebispo de São Paulo e Presidente do Regional Sul 1 da CNBB

Adicionar Comentário

Clique aqui para comentar

Palavra do Presidente

NOVO ESTATUTO DA CNBB

Facebook

Assine nossa newsletter

Conheça nossos parceiros.