Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

A Diocese de Caraguatatuba completou 23 anos de história no dia 1º de maio. Mas a comemoração da data foi antecipada para 29 de abril, mesmo dia da ordenação diaconal do seminarista Silmar Gomes Costa. O evento reuniu o Clero, fiéis e convidados em uma missa solene que aconteceu na Catedral Divino Espírito Santo, em Caraguatatuba.

Composta por 20 Paróquias nas cidades de Ilhabela, São Sebastião, Caraguatatuba e Ubatuba, atualmente, a Diocese tem 30 Sacerdotes, entre diocesanos e religiosos, 19 Diáconos permanentes e quatro Congregações religiosas. Além de duas Casas de Formação: Propedêutico São Domingos Sávio, em Ubatuba, e Seminário São José de Anchieta, em Taubaté, mantém a Casa de Apoio São Pelegrino que recebe pacientes em tratamento de câncer, uma iniciativa criada neste ano.

Administrada por três bispos ao longo dessas duas décadas, tem como Patrono o Divino Espírito Santo.  Já a co-padroeira é Nossa Senhora das Graças. O Conselho Presbiteral é formado pelos seguintes padres: Vladimir Ferreira Coelho (Vigário Geral), Altair dos Santos, José Adalberto Vanzella, Douglas, Franco Machado, Marcelo Thurmann, Carlos Alberto Lemos, Márcio José da Fraga, Floriano Marcos da Silveira, André Beghini Vilela e Eduardo José da Silva Toledo.

Ao todo, três seminaristas estudam no Seminário São José de Anchieta, de Taubaté. Cerca de 150 alunos estão inscritos na Escola de Teologia que leva o mesmo nome do Seminário. O primeiro Santuário da Diocese é o de Santo Antônio, localizado bem no centro do coração de Caraguatatuba. É a Igreja mais antiga da cidade e simboliza onde tudo começou.

Em unidade com a Igreja de Roma e sua Ação Evangelizadora, tem como fonte de inspiração as Novas Diretrizes da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil, o Documento de Aparecida e o documento de Estudos de 104 da CNBB Paróquia: Comunidade de Comunidades. Um novo jeito de ser Paróquia.

História

No dia 3 de março de 1999, foi anunciada a criação da Diocese de Caraguatatuba, até então, Região Episcopal, vinculada à Diocese de Santos. A instalação e a nomeação do primeiro Bispo Diocesano, Dom Frei Fernando Mason, OFMConv, se deu em 1ª de maio do mesmo ano.

A Diocese começou a crescer em consciência e trabalho, valorizando momentos fortes de unidade como a Festa de Cristo Rei ao celebrar o encerramento do Ano Litúrgico e a Romaria Diocesana à Aparecida e ao Seminário Diocesano em Taubaté. Ampliou o número de Paróquias e de padres no serviço às comunidades. Publicou seu 1º Plano Diocesano de Pastoral e celebrou com grande Júbilo seu aniversário de cinco anos de criação, realizando a 1ª Feira Pastoral Diocesana e o lançamento do 1º site oficial – www.diocesecaraguatatuba.com.br

Dom Fernando permaneceu na Diocese até maio de 2005. No período vacante de pouco mais de um ano, a Diocese de Caraguatatuba foi administrada pelo Pe. Vilson Dias de Oliveira, DC, hoje Bispo emérito da Diocese de Limeira (SP).

Em julho de 2006 foi nomeado o segundo Bispo Diocesano, Dom Antônio Carlos Altieri, que permaneceu até 2012. O período vacante subsequente foi administrado por Pe. Inocêncio Xavier, até a nomeação de Dom José Carlos Chacorowski, CM, em junho de 2013, que permanece à frente da Diocese até os dias atuais.

Ao celebrar 20 anos de caminhada, em 2019, a Diocese deu um novo passo na evangelização, criando o projeto Jubileu de 25 anos ou Jubileu de Prata, que será comemorado em 2024. Em 2021, voltou a publicar a Revista De Praia em Praia, lançou um novo portal com o domínio www.dicaragua.org.br e um aplicativo institucional chamado Diocese de Caraguatatuba. Além dessas ações, outras Paróquias foram criadas nesse período de nove anos e muitos sonhos foram realizados.

“Sonho que se sonha só, é somente um sonho. Sonho que se sonha junto, pode se tornar realidade”. Foi assim que Dom David Picão, Bispo da Diocese de Santos e Pe. Miguel Rosseto, Vigário Episcopal fizeram nascer a Diocese de Caraguatatuba, contando com a força entusiasta do Pe.Nino, de todo o clero presente e de todos os fiéis.

Conheça mais sobre a história da Diocese de Caraguatatuba em nosso portal WWW.dicaragua.org.br ou em nosso Guia Diocesano, nesse link: https://dicaragua.org.br/anuario-diocesano/