Notícias

Papa criou um grupo de cardeais para o aconselhar no governo da Igreja

17752_393781904063196_1084044902_n
Cardeal Laurent Monsengwo Pasinya, da República Democrática do Congo, Arcebispo de Kinshasa. Grupo para aconselhar o governo da igreja

Neste sábado 13 de Abril, fez um mês que o Papa Francisco foi eleito à Cátedra de Pedro. E precisamente neste dia 13, o Santo Padre, retomando uma sugestão surgida durante as Congregações gerais que precederam o conclave, constituiu um grupo de cardeais para o aconselhar no governo da Igreja universal e para o estudo de um projecto de revisão da Constituição Apostólica Pastor Bónus relativa à estrutura e funcionamento da Cúria romana.
Num comunicado difundido pela Secretaria de Estado do Vaticano, indica-se que o grupo é formado por sete cardeais dos vários continentes e um do Estado do Cidade do Vaticano, mas não da Cúria romana. O coordenador do grupo é o cardeal Oscar Andrés Maradiaga Rodríguez Arcivescovo di Tegucigalpa (Honduras); enquanto que o secretário é o bispo de Albano, perto de Roma, D. Semeraro.

O grupo terá a sua primeira reunião de 1 a 3 de Outubro, mas o Santo Padre está desde já em contacto com eles – lê-se no comunicado.
 
Em conferência de imprensa, o porta-voz da Santa Sé disse que esta decisão do Papa é sinal de que o Papa quer ter em conta as sugestões e observações dos membros do Colégio cardinalício no decurso das Congregações antes do Conclave. Em relação ao facto de a primeira reunião do grupo ser só em Outubro, P. Lombardi disse que se trata de um tempo adequado a fim de que o próprio Papa possa conhecer bem a realidade do Vaticano, os seus problemas, como aliás está a fazer através de audiências aos responsáveis dos diversos Dicastérios.

Os membros do grupo são:

– Cardeal Giuseppe Bertello, Presidente do Governatorato do Estado da Cidade do Vaticano
– Cardeal Francisco Javier Errazuriz Ossa, arcebispo emérito de Santiago do Chile
– Cardeal Oswald Gracias, arcebispo de Bombay, na Índia
– Cardeal Reinhard Marx, arcebispo de Munchen und Frising (Alemanha)
– Cardeal Laurent Monsengwo Pasinya, arcebispo de Kinshasa, República Democrática do Congo
– Cardeal Sean Patrick O’Malley, O.F.M, cap., arcebispo de Boston (Estados Unidos)
– Cardeal Georg Pell, arcebispo de Sidney (Austrália)
– Cardeal Oscar Andrés Rodrigues Maradiaga, S.D.B., arcebispo de Tegucicalpa (Honduras)

Fonte: Matéria e foto são da Rádio Vaticano

 

 

 

 

Tags

Palavra do Presidente

NOVO ESTATUTO DA CNBB

Facebook

Assine nossa newsletter

Conheça nossos parceiros.