Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Queridos irmão e irmãs,
Celebramos, nesta semana, a Solenidade do Sagrado Coração: amado seja por toda parte o Sacratíssimo Coração de Jesus, eternamente!
Quero partilhar com vocês, uma reflexão que fiz com a Comunidade dos Missionários do Sagrado Coração de El Salvador, na América Central, cujo tema é o Coração do Ressuscitado.
Para falarmos do Coração do Ressuscitado, precisamos lembrar que este Coração é o mesmo do Crucificado, pois o Ressuscitado é o mesmo Crucificado. É o Coração que veio até nós, para nos salvar, e que foi sempre doação, abertura e compaixão com os que sofrem. Veio para salvar, resgatar e amar e humanizar a humanidade.
Um coração que se doou tanto, que no final da sua vida, como nos ensina o evangelho de João, foi transpassado por um lança e de seu lado aberto, saiu sangue e água (cf. Jo 19,34). Isto é, saiu tudo, tudo foi jorrado e doado a nós, para nossa salvação.
Também, pelas frestas de seu Coração aberto pela lança, podemos ver o Coração de Deus.Conhecemos Deus e seu amor, sua misericórdia, seu perdão, através do Coração de Jesus.
O Coração do Ressuscitado é o coração aberto que se deixa tocar: “Tomé, põe o seu dedo no meu lado e não seja incrédulo, mas fiel” (Cf. Jo 20,27).
O coração do Ressuscitado deseja a paz: todas as vezes que Jesus Ressuscitado aparece a comunidade apostólica ele sempre diz:  “A paz esteja convosco!”(Cf. Jo 20,19).
O Coração do Ressuscitado é o coração que entra em nossa história, participa de nossa caminhada, nos dá ânimo para recomeçar e é capaz de ficar conosco e sentar-se à mesa para partilhar a vida e o alimento como o Cristo fez com os discípulos no caminho de Emaús (Cf. Lc 24,13-35).
O Coração do Ressuscitado é capaz de nos esperar depois de um dia ou uma noite de trabalho, e preparar uma refeição, como Cristo fez ao lado do lago de Genesaré, ao esperar a pesca de Pedro e João preparando uma refeição, depois de uma noite perdida de trabalho (Cf. Jo 21,9).
O Coração do Ressuscitado confia em nós, apesar de nossa fraqueza e limites e nos dá uma missão como deu a Pedro dizendo “Apascenta as minhas ovelhas”. Enfim, o Coração do Ressuscitado é o coração que pede apenas uma coisa. Simão Tu me Amas?  E podemos responder ao Coração do Ressuscitado, Senhor tu sabes tudo, tu sabes que eu te amo! E o Senhor confia e confirma: “apascenta as minhas ovelhas” (Cf. Jo 21,15-19).
Quem ama o Coração de Jesus Ressuscitado é capaz de se doar aos irmãos. Sobretudo, com amor e confiança, neste tempo de Pandemia e sofrimento de nosso povo.
Servi ao Senhor com alegria!
Por Dom Manoel Ferreira dos Santos Junior, MSC, Bispo Diocesano de Registro