Artigos

O Bispo de Jales

Nesta quarta-feira, dia 21 de outubro foi nomeado o novo Bispo de Jales, na pessoa do Pe. José Reginaldo Andrietta, da Diocese de Limeira, no Estado de São Paulo.

A escolha não poderia ser melhor.  O Pe. José Reginaldo Andrietta traz uma rica experiência pastoral e intelectual, forjada sobretudo pelo seu longo e profícuo trabalho junto à JOC – “Juventude Operária Católica”.  Desde o início do seu ministério presbiteral foi nomeado pela CNBB para acompanhar a JOC no Brasil, o que lhe possibilitou marcar presença em muitos lugares.

Foi chamado a colaborar com a JOC na Argentina, foi designado como assessor latino americano, tendo então ido residir por alguns anos no Equador, de onde passou para os Estados Unidos,  para em seguida ser designado como assistente internacional da JOC,  residindo, então,  por diversos anos na Bélgica, onde fica a sede mundial da JOC. De lá retornou ao Brasil, se reinseriu na Diocese de Limeira, sendo que no momento exerce a função de Pároco na Paróquia de São Judas Tadeu, na cidade de Americana.

Portanto, muitos títulos que o credenciam para assumir agora o episcopado, sendo nomeado pelo Papa Francisco como Bispo Diocesano de Jales. Independente desses títulos,  a Diocese de Jales o acolhe com muita alegria, como seu novo Bispo, na esperança de contar com ele por muitos anos daqui para a frente.

De minha parte, com muita satisfação e alegria passo a Dom Reginaldo Andrietta a função de  “Bispo de Jales”, com as incumbências derivadas desta associação entre a cidade e o bispo, que foi se consolidando ao longo desses 33 anos de ministério episcopal em Jales, no território formado pelos 46 municípios da região do extremo noroeste do Estado de São Paulo.

Na verdade, por muitas incumbências assumidas, sobretudo em nome da CNBB e como Presidente da Cáritas Brasileira, se fortaleceu a vinculação do nome da cidade com o nome do Bispo. Na prática, pude constatar inúmeras vezes, que muita gente não sabe onde fica Jales, mas sabe que “Dom Demétrio é bispo de Jales”!

Como o nome da cidade não é muito divulgado, alguns chegam a imaginar que Jales nem seja um lugar determinado, mas antes uma espécie de adjetivo para um tipo determinado de Bispo. No caso, Jales seria uma espécie de raça de bispo, com sua fisionomia própria.

Em todo o caso, espero que esta identificação entre cidade e bispo seja transferida, sem nenhum obstáculo, para o novo “Bispo de Jales”, que Dom Reginaldo Andrietta vai agora assumir.

Nos freqüentes encontros a nível internacional de que precisei participar em razão de minhas funções, a pergunta era quase fatal: “Adonde es Jales?”. Para os latino americanos era fácil explicar, dando a referência geográfica mais significativa desta região: “Es adonde impieza el Rio Paraná!” De agora em diante, dá para usar o atalho, e dizer simplesmente: “Jales é a Diocese de Dom Reginaldo Andrietta!”

Com muita alegria constato logo que a figura de Dom Reginaldo representa uma edição melhorada do “Bispo de Jales”.

Jales está de parabéns com a figura do seu novo Bispo Diocesano, e todos podem ficar sabendo que Dom Reginaldo é o novo “Bispo de Jales”. Desde já o acolhemos prontamente, e rezamos por ele em todas as celebrações eucarísticas, lembrando “Dom Reginaldo” como “bispo eleito de Jales”, e a partir de sua posse, simplesmente rezaremos por “Dom Reginaldo, nosso Bispo Diocesano”!

Bem vindo dom Reginaldo, a Diocese de Jales o acolhe com carinho e alegria!

Por Dom Demétrio Valentini, Bispo emérito de Jales

Adicionar Comentário

Clique aqui para comentar

Palavra do Presidente

NOVO ESTATUTO DA CNBB

Facebook

Assine nossa newsletter

Conheça nossos parceiros.