Dioceses

Missa Crismal expressa unidade do Clero da Diocese de Santo André

“Essa celebração é ponto alto da vida do clero, em especial para os presbíteros. É dia de receber o amor de Cristo, que chama e renova o propósito de segui-lo neste tempo desafiador, através da renovação das promessas sacerdotais.”

No Dia do Padre, memória de São João Maria Vianney, patrono dos sacerdotes, as palavras do bispo diocesano Dom Pedro Carlos Cipollini trouxeram fé e esperança a todo o clero da Diocese de Santo André que esteve reunido na manhã desta quarta-feira (04/08), durante a celebração da Missa Crismal, também conhecida como a Missa dos Santos Óleos, na Paróquia Santo Antônio, na Vila Alpina, em Santo André.

Além da renovação das promessas sacerdotais, a Missa Crismal contou com um rito especial da benção dos óleos dos Enfermos e dos Catecúmenos (Batismo), e consagração do óleo do Crisma, que serão usados nas diversas celebrações ao longo do ano.

Nesta celebração também ocorreu o encerramento do Ano Vocacional Diocesano (2019-2021), tempo de reflexão e incentivo às vocações, que contou com uma procissão de leigos e leigas, religiosos e religiosas carregando símbolos que recordam a diversidade de vocações que enriquecem a Igreja, como o ícone do Bom Pastor, a bíblia, a estola, diretórios diocesanos, e imagens de Nossa Senhora e São José oferecidos ao altar do Senhor.

A missa ainda registrou momentos como uma intenção especial ao bispo emérito da Diocese de Santo André, Dom Nelson Westrupp (ausente por motivos de saúde) pelos 30 anos de ministério episcopal; e a apresentação do Diretório Diocesano dos Sacramentos, que foi revisado e atualizado, sendo entregue exemplares a todos os presbíteros.

Renovação da missão 

“Cada ano, na Missa Crismal somos convidados a renovar o nosso sim à chamada de Deus que pronunciamos no dia de nossa ordenação sacerdotal. Voltemos lá, neste dia feliz, de alegria, de entusiasmo. “Eis me aqui!”, dizemos e nos prostramos”. O próprio Senhor Jesus pelas mãos do bispo impôs as suas mãos sobre nós, nos consagrou e nos ungiu para a missão”, recorda Dom Pedro.

Participaram desse momento realizado tradicionalmente na Quinta-feira Santa, porém, adiado em virtude da pandemia, sacerdotes e diáconos das sete cidades do Grande ABC, além de seminaristas das três casas de formação (Teologia, Filosofia e Propedêutico).

Em sua homilia, Dom Pedro fez uma breve análise da superação das dificuldades vivenciadas pelos padres nestes tempos de pandemia e expressou gratidão a cada um dos presbíteros que conduzem os trabalhos nas paróquias e na Igreja diocesana, pela coragem e perseverança no zelo diante do sofrimento e riscos, na evangelização e na acolhida ao povo, principalmente o mais carente.

“Vocês foram dedicados. Conseguimos com muita união sairmos bem em todos aspectos, tanto na caminhada espiritual do presbitério, na busca de sermos melhores, na parte da administração. Tudo isso devemos à toda a Igreja no seu conjunto, mas inegavelmente a liderança dos sacerdotes foi fundamental. Que sejam realizados no ministério”, destaca.

Ano Vocacional

A Diocese de Santo André também rendeu graças pelo encerramento do Ano Vocacional Diocesano, que teve início em dezembro de 2019, sendo boa parte das atividades realizadas no formato online, em razão da pandemia da Covid-19.

“Nossa diocese é muito vocacionada, mas precisamos incutir cada vez mais essa consciência vocacional na vida das paróquias, na vida das comunidades, para pedirmos ao Senhor da Messe que envie operários. De fato, foi um grande desafio a gente realizar tudo de modo line. Agora é dar continuidade, desenvolver esse trabalho nas regiões (pastorais) para colher frutos desse Ano Vocacional”, projeta o  assessor diocesano da Pastoral Vocacional e do SAV (Serviço de Animação Vocacional), Pe. Everton Gonçalves Costa.

Diretório dos Sacramentos

Antes do final da celebração, o bispo diocesano apresentou o novo Diretório Diocesano dos Sacramentos, revisado, atualizado e aprovado, para uso de toda a Igreja Particular de Santo André. A leitura do decreto foi realizada pelo chanceler do bispado, Pe. William Mariotto Torres.

“Muitos documentos novos foram promulgados, atualizados e melhorados. Então temos um ótimo diretório que será proveitoso para toda a nossa Igreja. As maiores riquezas que nós temos na Igreja são os sacramentos e a palavra”, elucida Dom Pedro.

30 anos de episcopado

Bispo emérito da Diocese de Santo André, Dom Nelson Westrupp completou 30 anos de missão como bispo no último dia 20 de julho. E a celebração da Missa Crismal contou com um agradecimento especial do bispo diocesano Dom Pedro, em unidade com todo o presbitério.

“Só temos que agradecer pelo tempo que o senhor (Dom Nelson) esteve à frente dessa diocese e pelo testemunho que continua dando em nosso meio. Receba o nosso carinho, o nosso abraço, o nosso agradecimento”, disse o coordenador da Pastoral Presbiteral, Pe. Romeu Leite Izidório.

Fonte: Assessoria Diocesana de Comunicação

 

 

 

 

Palavra do Presidente

NOVO ESTATUTO DA CNBB

Facebook

Assine nossa newsletter

Conheça nossos parceiros.