Comissões Episcopais Pastorais

Inovação e ousadia na Assembleia Geral do CNLB-SUL 1

assembleia
Ao centro, Dom Benedito Gonçalves dos Santos com os participantes da assembleia

Inovação e ousadia foram a tônica da Assembleia Geral Ordinária realizada pelo Conselho Nacional do Laicato do Brasil – Regional Sul (CNLB-SUL1), nos dias 14, 15 e 16 de março, em Presidente Prudente/SP. Para a mais de uma centena de delegados/as que participaram da Assembléia a inovação teve início já na chegada, onde a equipe local, com total apoio da Diocese, instalou alguns outdoors pela cidade, divulgando o evento, bem como uma grande faixa, de boas vindas à cidade, saudava os delegados/as na chegada.

A ousadia foi a de que os delegados/as foram acolhidos por famílias prudentinas, bem como toda logísitica de transporte deles foi feita por casais do Encontro de Casais com Cristo (ECC). Estas duas ações permitiu aos participantes uma comunhão maior com as famílias que os hospedava e com os casais do ECC, que de forma indireta também participaram da Assembléia.

Com o tema “Fé e Política”, a cidade prudentina também foi contemplada, pois situada no Pontal do Parapanema, tem muitos conflitos de terras, sendo a reflexão do tema oportuna e importante. Iniciada no dia 14 a noite, na abertura foi dado as boas vindas, feita uma reflexão, falado dos objetivos da AGO e feito uma reminiscência sobre o CNLB local. A seguir houve uma dinâmica sobre quais as situações de morte são impostas ao povo de Deus. Várias situações foram colocadas pelos delegados/as, bem como lemrado o tema da Campanha da Fraternidade 2014, que fala do tráfico de pessoas humanas e, que não está longe da atual realidade. Já dentro do tema Fé e Política foi feita uma apresentação do Analfabeto Político de Berthold Brecht, seguida de uma Roda de Conversa, cuja mesa era formada só por mulheres.

O assunto da Roda foi sobre “A igreja com o papa Francisco”, sob a coordenação da Edilene – do CNLB Bauru, composta pela Debora – CNLB Marília, Denise – CNLB Prudente e Fatima – CNLB Bauru. Elas colocaram, provocadas pela coordenadora,  os acontecimentos e perspectivas da Igreja após este primeiro ano de trabalho do papa Francisco à frente da Santa Sé. Também houve uma intervenção da Wanda Conti, destacando que a igreja é também o leigo/a  engajado/a no trabalho, na sociedade e na política. Afirmou também que outros papas que já estiveram a frente da Santa Sé, também promoveram avanços na Igreja e no mundo.

O dia 15 teve início com uma reflexão, avisos sobre as atividades do dia e, em seguida teve início ao tema central “Fé e Política”, com assessoria do padre Jurandir Lima – da Comissão Pastoral da Terra (CPT) e Comunidades Eclesiais de Base (CEBs), que falou sobre Fé, com base em textos bíblicos e no documento 91 da CNBB. O Danile Monteiro de Lima – da Coordenação Regional do Fé e Política falou sobre a conjuntura política atual, com destaque na participação e cidadania, na política do dia-a-dia, e o padre Edson de Oliveira Lima – do CNLB Marília falou sobre a Prática do Fé e Política, com ilustração de ações da Marcha da Cidadania de Marília/SP. Após as falas foi aberto para perguntas a cada assessor, onde as respostas complementaram as falas feitas por eles. Após este momento, foram feitos mais alguns informes e em seguida, o professor Roberto Rodrigues do CNLB Santo André falou sobre o curso de Doutrina Social da Igreja, formatado pela Comissão Regional de Fé e Política, bem como informou que no dia 19 de abril haverá uma formação para monitores dos CNLBs Regionais sobre este curso, cuja aplicação será itinerante.

Encerrada a fala do professor Roberto, a assembleia recebeu o bispo Dom Benedito Gonçalves dos Santos, que fez uma acolhida a todos, justificando a ausência na abertura, mas colocando-se a disposição da assembleia. Em seguida o Daniel Monteiro falou sobre o Documento Base, formatado pela Comissão Regional e entregue aos delegados/as. Explicou que ele seria fundamental para o trabalho em grupo e em seguida dividiu os grupos, cujos apontamentos foram formatados num novo documento formando as ações do Fé e Política para este ano de 2014. Após conclusão do trabalho em grupo também, foram escolhidos os delegados que participarão da AGO em Fortaleza/CE, no mês de agosto.  Em seguida os delegados/as foram para o jantar e a noite participaram da Vigília dos Mártires da Caminhada.

O dia foi encerrado com a confraternização entre os delegados/as, as famílias que os acolheram e os casais do ECC. O dia 16 teve início com a celebração da Santa Missa, presidida por Dom Benedito, que ao final presenteou a presidência do CNLB-SUL 1.

Com a imagem de Nossa Senhora Aparecida. A seguir tiveram inicio os trabalhos com um painel sobre eleições 2014 – “O cristão e as eleições”, com exposição feita pela Fatima Aparecida Ferre – CNLB Bauru, lançamento da campanha de assinaturas para o Plebiscito sobre a Reforma do Sistema Político, apresentação da Agenda de Mobilização Social e Política da Comissão Regional do Fé e Política do CNLB-SUL 1,  seguida do encerramento às 12h, com agradecimentos do presidente do CNLB-SUL 1, Luis Antonio Ferreira, a todas/as que colaboraram para a realização da AGO.

De Presidente Prudente, Reinaldo Oliveira

Palavra do Presidente

NOVO ESTATUTO DA CNBB

Facebook

Assine nossa newsletter

Conheça nossos parceiros.