Comissões Episcopais Pastorais

Fórum das Pastorais Sociais reúne delegados para a SSB

DSC08604_reduzida

A equipe de coordenação do Fórum das Pastorais Sociais da CNBB Regional Sul 1 reuniu nesta quarta-feira, 21 de agosto, as 9h, com os delegados do Regional designados para o Seminário Nacional da 5ª Semana Social Brasileira, que será realizado nos dias 2 a 5 de setembro no Centro Cultural de Brasília, DF.

A reunião aconteceu na sede da CNBB Regional Sul, na Bela Vista, capital paulista, e teve como objetivo dar as últimas informações sobre o importante evento nacional. O moderador do Fórum, diácono José Carlos Pascoal apresentou os subsídios colhidos nos 3 seminários da 5ª SSS realizados no Regional, a saber: 16 a 18 de março de 2012, em Embú das Artes; 23 a 25 de novembro de 2012, em Jundiaí, e o seminário de encerramento, realizado nos dias 28 a 30 de junho de 2013, também em Jundiaí.

 “Os subsídios que recebemos já foram enviados à equipe nacional, mas temos informações de outros eventos relacionados ao tema da 5ª Semana Social Brasileira, dos quais esperamos informações, para anexarmos ao documento paulista”, esclareceu o diácono Pascoal. Ficou decidido também que será elaborada a “Carta do Regional Sul 1” como contribuição à 5ª SSB. Ela será apresentada a direção do Regional após verificação de Dom Mauricio Grotto de Camargo, arcebispo de Botucatu e presidente da Comissão Episcopal Pastoral para o Serviço da Caridade, da Justiça e da Paz. “A participação dos delegados da 5ª SSB na sequência dos trabalhos do Fórum das Pastorais Sociais será muito importante, para fortalecimento do Fórum e do trabalho que ele deve exercer junto às Pastorais Sociais”, concluiu o diácono.

 Também constou da pauta da reunião o episódio de tortura de menores numa das dependências da Fundação Casa, mostrada pela TV Globo através do programa “Fantástico”. Sueli Camargo, da Pastoral do Menor da Arquidiocese de São Paulo fez os relatos, inclusive sobre as denúncias de maus tratos por parte de funcionários que já tinham sido protocoladas junto ao Ministério Público e presidência da Fundação Casa. “Nos causou indignação, e esperamos que sejam tomadas as devidas providências para que esse fato não se repita. Foi necessário um canal de televisão de grande audiência mostrar um episódio desse para que as denúncias sejam levadas em consideração”, afirmou Sueli.

 Ari Alberti, da Pastoral dos Migrantes e da coordenação nacional do Grito dos Excluídos, convidou para a coletiva de imprensa no dia 30 de agosto, as 14h, na sede da CNBB Regional, em São Paulo, para falar sobre a sua 19ª edição – “Juventude que ousa lutar, constrói o projeto popular”.

 Participaram da reunião: diácono Pascoal, Lucilia, Sueli, Valter, Efigênio, Ari, e os delegados Gerardo Melo, da Arquidiocese de Campinas, Reinaldo Oliveira, da Diocese de Jundiaí e irmã Maria Claus, da Arquidiocese de São Paulo, com apoio de Renato Papis, da CNBB Sul 1.

 A Equipe de Coordenação convoca os coordenadores das Pastorais e Movimentos Sociais para o Fórum das Pastorais Sociais, que será realizado no dia 18 de setembro, das 9h as 13h, na sede da CNBB Sul 1.

 Por: Diácono José Carlos Pascoal – Fórum das Pastorais Sociais do Regional Sul 1.

Palavra do Presidente

NOVO ESTATUTO DA CNBB

Facebook

Assine nossa newsletter

Conheça nossos parceiros.