Notícias

Exposição sobre o Santo Sudário termina dia 1º em Bauru

reduzida
Exposição Santo Sudário recebeu a visita do bispo diocesano, Dom Caetano Ferrari

Na capela da mostra são realizadas missas de segunda a sexta-feira, sempre às 17h, com um número surpreendente de pessoas

Aberta ao público desde o dia 2 de novembro, a exposição internacional “Quem é o Homem do Sudário?”, no Boulevard Shopping Nações, já atraiu mais de 20 mil pessoas para conhecer as pesquisas científicas, os relatos históricos e os mistérios envolvendo o manto que teria coberto Jesus no Santo Sepulcro. As marcas deixadas no tecido, comprovadamente da época em que viveu Jesus, são impressionantes e ajudam a compor a imagem real deste homem, retratada em tamanho original na mostra. Reproduções dos flagelos, pregos e espinhos que atingiram Cristo também chamam a atenção dos visitantes.
No final da mostra está capela que remete ao local onde Jesus celebrou a primeira missa, a Santa Ceia. Ali, de segunda a sexta-feira, sempre às 17h, são realizadas celebrações por diversos padres da Diocese de Bauru, que colabora com a exposição em parceria com o shopping e a Universidade Sagrado Coração (USC).
A primeira missa foi presidida pelo bispo diocesano, Dom Caetano Ferrari. Nesta última semana de exposição, a sequência de celebrações foi aberta pelo padre Gustavo da Natividade e segue com os padres Gustavo Crepaldi (Paróquia Nossa Senhora da Assunção) no dia 26, Gilson Maia (Paróquia Nossa Senhora das Graças) no dia 27, Agnaldo Pereira (Paróquia Santa Rita de Cássia) no dia 28, e Marcos Pavan (Catedral do Divino Espírito Santo) no dia 29.

Para pensar e rezar
Em um espaço intimista, com bancos simples e sem qualquer equipamento de som, as luzes e o cenário (que imita pedras e traz o rosto presente no Sudário) compõem um clima que favorece a oração e a reflexão sobre o Jesus histórico e o da fé.
Por dia, cerca de 80 pessoas participam das missas, de acordo com Luiza Guarnetti Pereira, coordenadora dos Ministros Extraordinário da Comunhão Eucarística da Diocese de Bauru. Facilmente esse número ultrapassa 100 fiéis; tanto que no feriado do dia 15 de novembro o padre Gustavo Henrique Crepaldi presidiu duas missas, uma em seguida da outra – e ambas lotadas.
Como uma das responsáveis pela liturgia das cerimônias, Luiza participa diariamente. “Para mim tem sido uma bênção! As pessoas ficam emocionadas, pensam no significado do Santo Sudário e compartilham; é maravilhoso”, conta.
Mesmo sendo durante a semana, não foi difícil encontrar voluntários para animar as missas com violão e voz, fazer as leituras e distribuir a Eucaristia – no caso dos ministros. “As missas na capela têm gerado momentos de muita espiritualidade e todos querem colaborar de alguma forma”, completa Luiza.

Testemunhos
Na saída da capela há um livro em que os visitantes e devotos podem partilhar suas experiências diante da exposição e ao participarem da missa. O segundo livro de relatos foi aberto por Gilda Watanabe Moreno, paroquiana do Santuário Diocesano de Nossa Senhora Aparecida. Para ela, que participa das celebrações diariamente, é uma oportunidade indispensável para todos, cristãos ou não, conhecerem o Santo Sudário e se aproximarem ainda mais de Jesus. “Não é paixão nem a morte que estamos celebrando, é a vida, a ressurreição! Agradeço muito a todos que trouxeram essa exposição. Vejo novamente todos os dias, só que não paro no sofrimento, valorizo o ato de amor de Jesus. E cada vez que vejo me acrescenta algo novo. Vou sentir falta quando terminar no dia 1º de dezembro”, confessa.
Comentários, fotos das missas e da exposição são compartilhados com frequência pelas redes sociais. “Quem ainda não visitou a exposição, não perca esta oportunidade! Simplesmente maravilhosa… É uma mistura de história, ciência e tecnologia que me emocionou. Minha filha quis passar duas vezes; uma com a guia e outra sem. E vamos novamente”. escreveu Silvia Chermont Crema no Facebook.
Já Roseli Martorano fez questão de enviar seu testemunho à Diocese. “Foi uma experiência única e muito profunda. A exposição faz com que a pessoa veja a luz da ciência a face do Senhor Jesus entre nós e no meio de nós… Uma bênção para todos que a visitam.

Fato inédito
Na história da Diocese, que irá completar 50 anos de criação em 2014, celebrar missas em um shopping é uma novidade que, além de agradar aos fiéis, responde ao chamado do papa Francisco para evangelizar em novos ambientes.
Para atender a esse chamado, 10 padres de várias paróquias se revezam. “É uma alegria celebrar a missa na capela da exposição e saber que em um lugar comercial há um espaço especialmente reservado para o encontro com Deus. A exposição está muito bem feita! Parabéns aos organizadores e parceiros”, destaca padre Paulo Tavares de Brito, da Paróquia São João Batista e Nossa Senhora de Lourdes.
Já na primeira cerimônia, Dom Caetano Ferrari se surpreendeu e comemorou a participação de tantas pessoas. “A exposição sobre o Santo Sudário é uma satisfação pessoal e para a nossa Diocese. Vamos rezar para que gere frutos, em especial por estar em um local que não é religioso, por onde passam pessoas que não costumam ir à Igreja. Aqui elas terão oportunidade de saber mais sobre Jesus e ter contato com os mistérios de Deus”, enfatiza o bispo.
Ele também comentou a importância do Santo Sudário para o cristianismo. “É um sinal indelével para fortalecer a fé e dirimir as dúvidas de quem pensa que Jesus é um mito. O Santo Sudário alimenta nossa fé no Cristo histórico e no Cristo da fé, que é homem e Deus. Ele, de fato, nasceu, viveu em determinada época, foi morto violentamente e não ficou muito tempo sepultado. As marcas do lençol reforçam nossa fé na ressurreição. O Santo Sudário nos ajuda a entender natureza humana e divina de Jesus e o fato de que Ele esteve no meio de nós”, conclui.

Serviço
A exposição “Quem é o Homem do Sudário?” segue até 1º de dezembro, no Boulevard Shopping Nações, com missas de segunda a sexta-feira, sempre às 17h e visitação de segunda a sábado, das 10h às 22h; e aos domingos, das 14h às 20h. A entrada é franca e as visitas guiadas podem ser agendadas pelo telefone (14) 3233-7012. A realização é do Boulevard Shopping Nações em parceria com a Diocese de Bauru e a Universidade Sagrado Coração (USC) com apoio do Jornal da Cidade.

Reportagem: Aline Mendes, jornalista e assessora de imprensa da Diocese de Bauru
Veja as fotos de diversos momentos clicando nos links abaixo
Inauguração: http://goo.gl/Rbz9Bo
Celebração com Dom Caetano: http://goo.gl/BlMwfL
Missas: http://goo.gl/aI9DKX
Exposição: http://goo.gl/a3kwz5

Tags

Palavra do Presidente

NOVO ESTATUTO DA CNBB

Facebook

Assine nossa newsletter

Conheça nossos parceiros.