Comissões Episcopais Pastorais

Equipe de Coordenação define programação do Fórum das Pastorais Sociais de maio de 2014

Reunião do Fórum - 19 de fevereiro de 2014
Equipe do fórum das Pastorais Sociais reúniu-se na sede da Conferência Episcopal na capital paulista

A Equipe de Coordenação do Fórum das Pastorais Sociais do Regional Sul 1 da CNBB esteve reunida nesta quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014, as 9h, na sede da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil – CNBB Regional Sul 1 para sua primeira reunião do ano. Na pauta, a Campanha da Fraternidade de 2014, que tem como tema “Fraternidade e Tráfico de Pessoas”; preparação para o Fórum das Pastorais Sociais do Regional Sul 1, que será realizado no dia 14 de maio de 2014, das 9h as 12h30, na sede da CNBB; debate sobre o Plebiscito Popular por uma Constituinte Exclusiva e Soberana da Reforma Política e comunicados de eventos de Pastorais Sociais.

 A programação do Fórum das Pastorais Sociais ficou definido com dois temas: 1) Campanha da Fraternidade de 2014; 2) continuidade do debate sobre o Estado brasileiro, conforme proposta da 5ª Semana Social Brasileira, abordando a necessidade de uma Constituinte exclusiva e Reforma Política. Os coordenadores de Pastorais e Movimentos Sociais serão instados a apresentarem as realidades locais com relação aos temas.

 “O debate sobre o Plebiscito ainda não chegou em profundidade às Pastorais Sociais, então se faz necessário e urgente que isso aconteça, para termos subsídios, pois também está sendo coletada assinaturas para a Coalizão pela Reforma Política e é necessário que o Fórum cumpra seu papel de informar e debater os temas”, disseram os presentes. José Efigênio de Paula, da Pastoral Operária, participou do encontro de formação sobre o Plebiscito e disse que já estão formados Comitês Regionais na Capital e no Interior.

 A Pastoral da AIDS informa que no dia 26 de fevereiro, as 10h45, a agente Lucília Vicente, que faz parte da Equipe de Coordenação do Fórum, será entrevistada em programa da TV Canção Nova, A Pastoral da Mulher Marginalizada estará promovendo grande evento no dia 08 de março, Dia Internacional da Mulher, sobre o Tráfico Humano, com o tema “Nos tempos de angústia o Senhor será uma fortaleza para a pessoa oprimida” (Salmo 9).

 Foi anunciada a 29ª Semana do Migrante, que será realizada nos dias 15 a 22 de junho de 2014 com o tema “Migração e Liberdade” e o lema “Migrar é direto: tráfico humano é crime”. Além disso, as lideranças da Pastoral do Migrante estão se reunindo mensalmente em São Paulo na Igreja Nossa Senhora da Paz.

 A Pastoral do Menor realizará o Encontro Regional de 21 a 23 de fevereiro em São Paulo, com assessoria do padre Xavier, comboniano. Também foi anunciada a Via Sacra do Menor, com dinâmicas promovidas pelas crianças assistidas e pelas Pastorais Sociais que farão parceria no evento, que acontece anualmente na Arquidiocese de São Paulo. O lema do 20º Grito dos Excluídos será “Ocupar ruas e praças por liberdade e direitos”. O Grito acontece no dia 7 de setembro em todo o país.

 A Pastoral Operária realizará uma manifestação no Dia Internacional da Mulher em São Miguel Paulista, quando uma centena de mulheres estará ocupando as praças e debatendo o tráfico humano. Anunciou também que o tema da Romaria dos Trabalhadores, que serás realizada em 7 de setembro em Aparecida, SP será “Mãe Negra Aparecida, padroeira deste chão, o povo trabalhador não aceita escravidão”.

A reunião foi encerrada as 12h. Contou com a participação de Sueli Camargo e Irmã Maria Claus (Pastoral do Menor), Vicente Fonseca (Pastoral da AIDS), José Efigênio de Paula e Maria Aparecida Pereira Lima (Pastoral Operária), Sueli Aparecida da Silva (Pastoral da Mulher Marginalizada), Ari Alberti (Pastoral do Migrante e Grito dos Excluídos) e diácono José Carlos Pascoal (CRD Sul 1).

Palavra do Presidente

NOVO ESTATUTO DA CNBB

Facebook

Assine nossa newsletter

Conheça nossos parceiros.