Igreja no Brasil

Encontro Nacional reúne comunicadores da CNBB para elaboração do Guia de Comunicação Integrada

Realizou-se nesta segunda-feira, 4 de outubro, a 11ª edição do Encontro de Comunicação Integrada na Igreja do Brasil, de forma online. Participaram 71 profissionais, jornalistas e pasconeiros que atuam na linha de frente da comunicação nos regionais da Conferência, das arquidioceses, dioceses, pastorais e organismos. O encontro foi organizado pela Assessoria de Comunicação da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e Comissão para a Comunicação da CNBB.

Também estiveram presentes na reunião o arcebispo de Belo Horizonte e presidente da CNBB, dom Walmor Oliveira de Azevedo; o bispo auxiliar e presidente da Comissão para a Comunicação, dom Joaquim Giovani Mol; o padre Tiago Sibula, assessor da Comissão para a Comunicação da CNBB e a Manuela Castro, assessora de Comunicação da CNBB.

A motivação para o encontro surgiu a partir da necessidade de atualizar e complementar o Guia de Comunicação Integrada, um processo iniciado em 2018 e que servirá de referência para ajudar os profissionais de comunicação que trabalham para a Igreja na elaboração de conteúdos e questões relacionadas à comunicação.

Dom Walmor iniciou a reunião saudando a todos os presentes e citando que, especialmente na data de hoje,  se celebra o dia de São Francisco de Assis. “São Francisco de Assis propunha uma vida com sabor do Evangelho e o Papa Francisco destaca, sobretudo na Laudato Si’, o convite a um amor que ultrapassa a geografia dos espaços”.

A experiência de se realizar a reunião com o Grupo de Comunicação Integrada da Igreja no Brasil, segundo dom Walmor, é uma oportunidade de se aprender o essencial da fraternidade que, de acordo com ele, permite a amar a tudo e a todos apesar da distância física.

Na oportunidade, o presidente da CNBB agradeceu a comunicação na CNBB que acontece em cada regional, nas dioceses, nas paróquias. “Sem esse instrumento a comunicação fica manca. E cada homem e mulher que produz a comunicação é um evangelizador/evangelizadora da mais alta importância”.

Por fim, dom Walmor salientou a importância da reunião para que se possa “avançar e crescer do ponto de vista de conteúdo e estratégias para uma comunicação forte”.

Confira a notícia na íntegra. 

Da Redação, com informações do site da CNBB

Palavra do Presidente

NOVO ESTATUTO DA CNBB

Facebook

Assine nossa newsletter

Conheça nossos parceiros.