Entre os dias 27 e 30 de julho, ocorreu, na Diocese de Jundiaí, a 12ª Formação Missionária dos Seminaristas (FORMISE).

A iniciativa, com o tema “Ide! Da Igreja Local aos confins do Mundo”, teve o objetivo de fortalecer o compromisso missionário dos seminaristas e capacitá-los para serem instrumentos de transformação em suas comunidades e além.

O Formise é uma oportunidade de envolvimento em uma formação dinâmica e vibrante, que desperta o amor pela missão e impulsiona o serviço à Igreja e ao mundo.

Cerca de 200 seminaristas de todo o Brasil reuniram-se para a Formação Missionária de Seminaristas Nacional que contou com a presença do bispo diocesano de Jundiaí, Dom Arnaldo Carvalheiro Neto, anfitrião do encontro, realizado em parceria com as Pontifícias Obras Missionárias (POM) e a coordenação nacional dos Conselhos Missionários de Seminaristas (COMISEs).

O ponto alto da reflexão ocorrerá no 5º Congresso Missionário Nacional, previsto para o próximo mês de novembro, na Arquidiocese de Manaus (AM). O lema do encontro também remete ao 3º Ano Vocacional do Brasil – Vocação: graça e missão – “Corações ardentes; pés a caminho” (cf. Lc 24, 32-33).

 

Os conferencistas foram Dom Vicente Costa, Bispo emérito da Diocese de Jundiaí; Dom Ângelo Ademir Mezzari, Bispo auxiliar da Arquidiocese de São Paulo e presidente da Comissão para os Ministérios Ordenados e a Vida Consagrada da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB); Dom Maurício da Silva Jardim, Bispo da Diocese de Rondonópolis-Guiratinga ( MT) e presidente da Comissão Episcopal para a Ação Missionária e a Cooperação Intereclesial da CNBB; Dom Luiz Fernando Lisboa, CP, Bispo da Diocese de Cachoeiro do Itapemirim (ES); Pe. Júlio Lancellotti, do clero da Arquidiocese de São Paulo, Pe. Antônio Maria; Ir. Regina da Costa Pedro, PIME, Diretora Nacional das Pontifícias Obras Missionárias; Pe. Antônio Niemiec, CSsR., Secretário Nacional da Pontifícia União Missionária; Pe. Vagner João Pacheco de Moraes, do clero da Diocese de Osasco (SP), e presidente da Organização dos Seminários e Institutos do Brasil (OSIB).

 

 

  

 

Dom Júlio Endi Akamine, SAC, Arcebispo da Arquidiocese de Sorocaba e presidente do Regional Sul 1 da CNBB, presidiu a celebração eucarística na noite do sábado, dia 29, no Santuário Diocesano Nossa Senhora Aparecida, em Jundiaí.

Antes da Missa de encerramento, presidida por Dom Arnaldo, foi eleita a nova coordenação nacional. O seminarista José Denilson Santos da Cruz, da Diocese de Jundiaí, foi eleito coordenador nacional do COMISE para o próximo triênio.

 

 

 

 

 

Durante o encontro aconteceram noites culturais, festa junina, com apresentação da quadrilha do grupo Geração +60, e também a noite Italiana, pois no século XIX, Jundiaí recebeu muitas famílias imigrantes italianas, que foram em busca de trabalho, pela grande produção de uvas, especialmente a uva “Niágara”, a cidade ficou conhecida como terra da uva.

O evento aconteceu na Casa de Retiros Família de Nazaré.

Fonte e fotos: setor de comunicação da Diocese de Jundiaí

Texto: Pascom Regional Sul 1 / Comunicação Regional Sul 1