A Comissão reuniu-se na Sede do Regional Sul 1 da CNBB com a participação de várias lideranças do Estado de São Paulo.

O encontro aconteceu neste sábado, dia 9 de abril de 2022, na sede do Regional Sul 1 da CNBB, em São Paulo. O grupo presente nesta reunião refletiu acerca da realidade da Comissão no Estado de São Paulo e da sua atuação junto aos grupos fragilizados da sociedade.

Após o momento de oração inicial, Dom Pedro Stringhini, bispo referencial para esta Comissão no Regional Sul 1, ordinário da diocese de Mogi das Cruzes e Presidente deste Regional, fez uma saudação inicial. Em sua fala ressaltou a importância desta Comissão para a Igreja e para toda a sociedade, destacando a importância de uma maior inserção da juventude neste trabalho de opção preferencial pelos pobres.

Dom Pedro recordou, ainda em sua fala, a importante figura de Dalmo Dallari, jurista e professor universitário, falecido no último dia 8 de abril deste ano. O professor Dallari “é considerado uma pessoa muito importante para a Comissão de Justiça e Paz, e merece ser homenageado”, destacou o bispo. É importante recordar que o intelectual teve destacada posição na resistência democrática durante o regime militar brasileiro (1964-1985) e é considerado um dos maiores juristas do país.

O coordenador regional da Comissão, Murilo Gaspardo, que conduziu a reunião, recordou a importância de continuar o fortalecimento das comissões diocesanas para que o trabalho da Comissão cresça ainda mais nessas realidades locais.

Ademais, não podemos deixar de destacar a presença de algumas lideranças estaduais neste encontro, incluindo pessoas de outras denominações religiosas, cuja participação reforça a importância da Comissão de Justiça e Paz não apenas do ponto de vista religioso, mas também seu aspecto socioeducativo.