Notícias

Encerrada a 39ª. Assembleia das Igrejas Particulares

reudizada20

Coleta em prol da Ação missionária na diocese de Pemba (Moçambique, África) marcou a celebração de encerramento da Assembleia

Após três dias de muitas discussões acerca do tema “Cristãos leigos e leigas na Igreja e na Sociedade: Sal da terra e luz do mundo”,  aconteceu na manhã deste domingo, 22, a plenária de encerramento da 39ª. Assembleia das Igrejas Particulares do Regional Sul 1 da CNBB no auditório do Centro de Espiritualidade Inaciana, em Itaici, Indaiatuba, que recebeu nos três dias de evento mais de 260 participantes do estado de São Paulo.reduzida8

Os participantes da assembleia se dividiram por sub-região pastoral para levantarem dois indicativos pastorais para bem vivenciar o Ano do Laicato .

reduzida7

A coordenadora do Conselho Nacional do Laicato do Brasil do Regional Sul 1, Fátima Aparecida Ferra (foto), conclamou: “o ano do Laicato, é o ano de todos os leigos com vários carismas. O conselho dos leigos como organismo articulador dos leigos deve ser espaço de formação para vida nos areópagos do mundo, da economia, política, conselhos paritários, etc. Pede-se as dioceses para se organizarem em Conselhos para fazer comunhão como toda Igreja”.

A leiga Aparecida, da Região Santana destacou o papel da Igreja na formação dos leigos,  vejo o quanto é importante a participação da igreja na formação e acompanhamento de um leigo que vai estar atuando nos espaços públicos, como conselhos tutelares, conselhos de saúde, moradia e outros. Não basta só formar, mas se faz necessário o acompanhamento, pois um conselheiro trabalha na ponta, sendo assim, trabalha com as mazelas da sociedade, então é de máxima importância a igreja na vida deste leigo.

Sobre Iniciação à Vida Cristã, dom Tarcísio Scaramussa, bispo de Santos, ressaltou a necessidade da Iniciação cristã para a consciência dos leigos serem Igreja e assumirem sua missão, dizendo que é preciso reiniciar os batizados, crismados e pessoas que fizeram a primeira eucaristia. Neste processo, é importante ressaltar o ambiente de vida onde as pessoas se encontram (vida e trabalho). Cf. Doc 105: a ação dos leigos nos areópagos modernos (n. 250-273).

Joana D’Arc Vitorelli Pires da Diocese de Itapetininga, SP, também prestigou a assembleia, dizendo “foi uma grande oportunidade de formação e reflexão sobre nossa atuação como cristãos leigos na Igreja nos dias de hoje. Somos desafiados a sermos verdadeiros sujeitos eclesiais, nos ambientes onde estamos inseridos. Uma vez que tivemos nosso encontro pessoal com Jesus, não tem como não assumir está missão de Discípulos missionários”.

Na celebração de encerramento por ocasião do Dia Mundial das Missões, foi realizada uma coleta em prol da Ação missionária na diocese de Pemba (Moçambique, África). O dinheiro arrecadado será revertido para o Fundo Missionário do Regional Sul 1.

Clique aqui para ter acesso ao material da assembleia.

 

 

 

 

 

Tags

Palavra do Presidente

NOVO ESTATUTO DA CNBB

Facebook

Assine nossa newsletter

Conheça nossos parceiros.