Dedicação da Catedral Dioceses

Diocese de Bauru celebra os 16 anos da Dedicação da Catedral Divino Espírito Santo

Comemorou-se ontem, dia 24 de setembro, o décimo sexto ano da Dedicação da Catedral Diocesana do Divino Espírito Santo. Em toda a diocese, a data é comemorada liturgicamente como festa, enquanto na própria Catedral é celebrada como solenidade.

A Igreja Catedral tem grande significado simbólico para a Diocese. Nela está a cátedra ou sede do Bispo, sinal da sua missão de pastor e de mestre da fé para a Igreja diocesana. Também, por ser um lugar de encontro, torna-se sinal de unidade e comunhão dos cristãos. Por isso, a Igreja recomenda aos fiéis que tenham amor e veneração para com a catedral. Uma vez dedicada, a Igreja entra para o Diretório litúrgico da CNBB.

A celebração do aniversário da dedicação da Igreja Catedral, contribui para melhor realçar a importância e dignidade da Igreja Diocesana. A catedral é lugar de referência da fé, lugar sagrado onde os fiéis de uma igreja particular se reúnem especialmente por alguma significativa celebração para exprimir e proclamar a própria fé e a unidade em Cristo.

A Igreja e as Igrejas – A Igreja é o templo de Deus, edificado de pedras vivas, onde o Pai é adorado em espírito e verdade. Os cristãos podem rezar em todo o lugar, mas para que possam reunir-se em assembleias “ecclesia-igreja” a fim de que possam ouvir a palavra de Deus, orar em comum, frequentar os sacramentos e celebrar a Eucaristia, constroem-se edifícios visíveis que são sinais da Igreja peregrina na terra e imagem da igreja estabelecida no céu. Por isso, a presença de uma igreja  é um convite para todos elevarem o espírito ao Senhor. (extraído do Rito de Dedicação de Igreja e Altar).

Da redação, Com informações da diocese de Bauru

 

Palavra do Presidente

Facebook

Assine nossa newsletter

Conheça nossos parceiros.