Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Foto: Pablo Albarenga / Arte na foto: Luiz Almeida

Carta Aberta em solidariedade ao trabalho desenvolvido pelo Conselho Indigenista Missionário junto aos Povos Originários do Brasil
As Pastorais do Campo com o apoio da Comissão Episcopal Pastoral para a Ação Sociotransformadora, juntamente com a Comissão Episcopal Pastoral Especial Ecologia Integral e Mineração, da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), e a Comissão Brasileira de Justiça e Paz (CBJP) lançam uma Carta Aberta em solidariedade ao trabalho desenvolvido pelo Conselho Indigenista Missionário (CIMI) junto aos Povos Originários do Brasil na questão da defesa de suas vidas e de seus direitos a saúde durante o período de pandemia da Covid-19. O documento também expressa total discordância com a Nota emitida pela Fundação Nacional do Índio (FUNAI), no último dia 04 de maio.
“Se calarem a voz dos profetas, as pedras clamarão” (cfe. Lc 19,40)
Veja a íntegra da nota
FONTE: CNBB