A Assembleia do Regional Sul 1 da CNBB, realizada no Mosteiro de Itaici, em Indaiatuba, tem sido oportunidade para oração comunitária dos Bispos e demais lideranças Eclesiais do Estado de São Paulo. Seja meditando a Liturgia das Horas ou comungando da Palavra e da Eucaristia, os participantes do encontro, que alcança a sua edição de número 86, fazem da oração e do testemunho dos Santos um importante alicerce para a Evangelização. “Se refletimos e pensamos na ação não podemos esquecer do orar para que essa ação se torne efetiva. Oração forma o binômio ‘orar a ação’. Porque somos todos, na Igreja, homens primeiramente de oração. Se faltar a oração estaremos errando no planejamento e na execução das nossas atividades. As duas (oração e ação) são essências e uma não pode existir sem a outra”, explicou o bispo diocesano de Caraguatatuba, Dom José Carlos Chacorowski.

Na manhã de quarta-feira, 5 de junho, segundo dia da Assembleia Regional, a programação foi retomada a partir de Celebração Eucarística presidida pelo bispo diocesano de São Carlos e presidente da Sub-região Campinas, Dom Luiz Carlos Dias. Após saudação, o religioso sublinhou a existência de desafios para a evangelização e retomou aspectos da Teologia do Domínio, tema das exposições realizadas nas sessões iniciais do encontro. “Diante dos desafios, é importante valorizar São Bonifácio, cujo martírio aconteceu há 1270 anos. Seu testemunho é oportuno dentro da Assembleia. Deus não nos concedeu o espírito de timidez e essa característica aplica-se a esse evangelizador que deixou a pátria segura para evangelizar junto aos germânicos. Ele foi o primeiro a gerar-lhes na fé”, explicou Dom Luiz Carlos. “Esse pequeno resumo da imensa obra de São Bonifácio nos esperança com respostas imediatas às exigências atuais”, completou o bispo de São Carlos.

O bispo diocesano de Franca, Dom Paulo Roberto Beloto, igualmente sublinhou a importância da oração no encontro regional celebrado em Itaici. “Tanto para a Assembleia nacional, mas também para Regional, a Liturgia é o eixo que vai iluminando e nos ajudando a discernir as atividades e assuntos que vão sendo discutidos. A Liturgia das Horas e a oração pessoal de cada bispo torna mais eficaz o encontro. O Papa Francisco tem pedido a oração como eixo para que os momentos se tornem, de fato, mais eficazes. Pessoalmente eu sempre gostei de rezar. A oração ajuda a tornar a Assembleia mais leve, orientada e iluminada pelo Espírito Santo”, afirmou Dom Paulo.

Ano Santo
Ainda no contexto da Oração, e em sintonia com a preparação para o Jubileu 2025, a Assembleia Regional dos Bispos acompanhou exposição do Arcebispo Metropolitano de Ribeirão Preto e vice-presidente do Regional Sul 1, Dom Moacir Silva. O metropolita sublinhou a recepção e vivência da proposta, no Estado de São Paulo, à luz do tema “Peregrinos de Esperança”.

Considerando que “a esperança não engana”, conforme indicou o Papa Francisco na Bula de convocação do Jubileu, Dom Moacir recordou que o início do itinerário jubilar se dará, nas Catedrais e Concatedrais, em 29 de dezembro de 2024. O bispo também sublinhou a concessão da Indulgência Jubilar (para os fiéis falecidos, mas também para os vivos) a partir de orientações da Penitenciária Apostólica. “Nós precisamos deixar isso claro para o nosso povo”, disse. “O que temos que compreender, na perspectiva da fé, é que o Jubileu é um ano de graça. É presente de Deus para o seu povo e que extrapola a Igreja. Passa pela Igreja e é oferecido a toda a humanidade. É tempo de volta para o Senhor. Estamos na alegria e em oração; o que caracteriza a Vida Cristã. O Jubileu é presença de Deus na nossa vida e na vida do povo; não faltando a esperança. Precisamos esperançar a esperança em tempos de tantos ídolos e divisões. Somos depositários dessa esperança”, completou o bispo diocesano de Bragança Paulista, Dom Sérgio Aparecido Colombo.

Ainda nessa quarta-feira, 5 de junho, os bispos paulistas viverão a dinâmica sinodal denominada “conversação no Espírito”. A atividade fará mais próximo o Sínodo do episcopado e do Povo de Deus.

Comunicação Regional Sul 1