Com o aumento do desemprego e da miséria, intensificados pela pandemia de COVID-19, tem crescido o número de pessoas que estão passando fome. 
Diante dessa realidade, a Arquidiocese de São Paulo, por meio da Caritas Arquidiocesana de São Paulo, organizou um Comitê de Combate à Fome, que tem pensado em ações para mobilizar e unir paróquias, pastorais, movimentos, grupos e leigos na luta contra esse desafio humanitário. 
Na quinta-feira, 8, o Cardeal Odilo Pedro Scherer, Arcebispo Metropolitano, se reuniu com o Comitê para discutir sobre as ações imediatas. No dia seguinte, o Arcebispo falou sobre a reunião no programa “Encontro com o Pastor”, na rádio 9 de Julho, e renovou o apelo para que todos continuem a praticar a caridade. “Há muita gente sofrendo. Ajudemos. Estendamos a mão da melhor forma que podemos para que essas pessoas não tenham tanto sofrimento”, pediu Dom Odilo. 
Nosso povo está passando fome! Em resposta a esse grande e urgente desafio humanitário, a Arquidiocese de São Paulo, por meio da Caritas, organizou um comitê de combate à fome, que conta com a participação de todas as suas paróquias. Trata-se da Campanha de Doação – Animando a Esperança – “Tive fome e me destes de comer” (Mt 25,35) 
São numerosas as comunidades da Arquidiocese que já fazem este grande serviço de caridade, mas precisam de reforço e apoio para obter doações de itens que compõem a cesta básica em São Paulo. 
A campanha “Animando a Esperança – “Tive fome e me destes de comer” (Mt 25,35)” – irá divulgar as paróquias como centro de arrecadação de doações e, no site do projeto Animando a Esperança,  estarão listadas as paróquias e entidades vinculadas à Arquidiocese que recebem doações e as encaminham aos necessitados. 
 Confira a notícia na íntegra. 
 Da Redação, com informações do site da Arquidiocese de São Paulo