Notícias

Abertura de quatro portas Santas dá início ao Ano Jubilar da Misericórdia na Diocese de Limeira

catedral (1)

Neste domingo (13/12), Dom Vilson Dias de Oliveira, DC, bispo diocesano de Limeira, deu início ao Ano Jubilar da Misericórdia, na Diocese de Limeira/SP, com a abertura de quatro Portas Santas. A primeira ocorreu, às 07h00, no Santuário São Sebastião, em Porto Ferreira; às 10h00, a cerimônia ocorreu na Basílica Nossa Senhora do Patrocínio, em Araras.  À noite, às 18h00, a abertura da Porta Santa ocorreu na catedral Nossa Senhora das Dores, em Limeira, e a última Porta a ser aberta foi, às 20h00, na Basílica Santo Antônio de Pádua, em Americana.

Após o rito de abertura da Porta Santa, milhares de fiéis, passaram pelas portas, em oração, e acompanharam a celebração eucarística, presidida por Dom Vilson e concelebrada pelos presbíteros presentes.

Em sua homilia, Dom Vilson destacou o significado da abertura da porta santa lembrando também das palavras do Papa Francisco. “Todos somos pecadores! Aproveitemos esse momento que vem e cruzemos o limiar dessa misericórdia de Deus, que nunca se cansa de perdoar, nunca se cansa de nos esperar! Ele nos olha, está sempre próximo a nós. Coragem! Entremos por essa porta!”, disse.

Com o lema “Sede misericordiosos como o Pai”, o Ano da Misericórdia foi convocado pelo pontífice durante celebração da penitência, na Basílica de São Pedro, no Vaticano. Naquela ocasião, ele destacou. “Pensei muitas vezes no modo como a Igreja pode tornar mais evidente a sua missão de ser testemunha da misericórdia. É um caminho que começa com uma conversão espiritual; e devemos fazer este caminho. Por isso decidi proclamar um Jubileu Extraordinário que tenha no seu centro a misericórdia de Deus. Será um Ano Santo da Misericórdia”, disse Francisco.

O Ano da Misericórdia encerra-se no dia 20 de novembro de 2016, quando na Igreja se celebra a Solenidade de Jesus Cristo Rei do Universo.

Dom Vilson ainda recordou que: “é um momento oportuno para vivenciarmos o tempo da graça de Deus, iluminados pelo Ano Santo da misericórdia, fazermos deste ano jubilar de nossa diocese de Limeira o momento para testemunharmos ao mundo a Misericórdia do Pai, de que podemos fazer a diferença, fazer com que o Reino de Deus se edifique concretamente no dia-a-dia de nossa história, porque acreditamos que “Cristo é a nossa Paz” ( Ef 2,14).

Marco Erbeta – Assessoria de Imprensa

Palavra do Presidente

NOVO ESTATUTO DA CNBB

Facebook

Assine nossa newsletter

Conheça nossos parceiros.